Carro explode ao abastecer com gás natural em SP, e frentista é arremessada

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

06/12/2021 16h34 — em Variedades

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um carro explodiu e ficou totalmente destruído enquanto era abastecido com GNV (gás natural veicular) em um posto de combustíveis em Sorocaba (SP) no domingo (6). A explosão aconteceu em um posto do hipermercado Extra, no bairro Jardim Santa Rosália.

Imagens mostrando o carro destruído foram compartilhadas nas redes sociais por quem passava perto do local. O carro ficou com a lataria retorcida e teve os vidros estourados. Parte do teto do posto também ficou danificado. O motorista do carro tinha saído do veículo durante o abastecimento.

Segundo o jornal local BDC (TV Globo), uma das frentistas que estava em frente do carro foi arremessada pela explosão, a pelo menos três metros de distância. Ela não teve ferimentos e nem queimaduras, mas foi levada para o Hospital Regional com dores no pescoço pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com a corporação, ninguém ficou ferido.

Em nota, a empresa de gás natural Naturgy informou que técnicos estiveram no local para uma perícia com a Polícia Científica e constataram que o carro tinha dois cilindros: um de GNV e outro de GLP (gás liquefeito de petróleo ou gás de cozinha), instalado de forma irregular e não apropriado para carro.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Naturgy para obter mais detalhes sobre o acidente, mas não teve retorno.

Pela legislação estadual, todos os veículos movidos a gás natural como forma de combustível só poderão ser abastecidos se apresentarem o selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), o que atesta que os cilindros são regulares. Além disso, os postos de combustíveis devem pedir para que os motoristas e passageiros desçam dos veículos durante o abastecimento.

As causas da explosão estão sendo investigadas.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Variedades