Astronautas levam Baby Yoda ‘de volta’ ao espaço em missão da NASA; entenda

Por Portal do Holanda

16/11/2020 14h28 — em Tecnologia

Foto: Reprodução / NASA TV

A SpaceX lançou quatro astronautas em órbita na noite de domingo, junto com um passageiro clandestino: um Baby Yoda.

Para dar início à missão Crew-1, em seu primeiro vôo de astronauta completo para a NASA, um foguete Falcon 9 foi lançado na noite desse domingo (15) às 19h37 e colocou em órbita uma nave Crew Dragon levando os astronautas da NASA: Mike Hopkins, Victor Glover, Shannon Walker e Soichi Noguchi da Agência de Exploração Aeroespacial do Japão. Entretanto, a tripulação levou um amigo. 

"Temos o Baby Yoda a bordo tentando se sentar agora", disse a especialista em comunicações da NASA Leah Cheshier na transmissão ao vivo da agência sobre a missão.

O brinquedo Baby Yoda, um personagem do show do Disney Plus "The Mandalorian", segue uma tradição na qual as naves espaciais carregam pelúcias como "indicadores de gravidade zero". Uma vez que os brinquedos começam a flutuar, os observadores sabem que a nave deixou a atração da gravidade da Terra.

O brinquedo de pelúcia era visível flutuando ao redor da cabine da nave  enquanto ela orbitava a Terra e os astronautas se acomodaram para dormir durante a noite.

"Acho que é o assento de Victor Glover, então espero que ele não se importe", respondeu a engenheira SpaceX, Jessica Anderson. "Talvez Baby Yoda esteja tentando pilotar o veículo", acrescentou Cheshier.

A cápsula Crew Dragon está programada para atracar na Estação Espacial Internacional na noite de segunda-feira, onde os astronautas vão viver e trabalhar por cerca de seis meses, constituindo o mais longo vôo espacial humano na história da NASA


+ Tecnologia