Jovem viraliza relatando infecção vaginal Bartolinite: 'pepeka explodiu'

Por Portal do Holanda

07/04/2021 11h31 — em Saúde e Bem-estar

Foto: Divulgação / Mulheres não conhecem doença que pode ser confundida com câncer

Anna Clara Moreira de 24 anos, viralizou no Tik Tok, após relatar de forma bem humorada sua experiência de quando teve uma doença chamada bartolinite: “Depois de sentir muita dor, foi como se minha ppka tivesse explodido”.

A jovem que produz conteúdo sobre beleza nas redes sociais, contou que passou horas na rodoviária com uma calça apertada, e depois sentiu incômodo para fazer xixi. Ela achou que estava com infecção urinária, mas precisou ser hospitalizada com dor e inchaço na vulva. Anna foi medicada e mandada para casa, mas na manhã seguinte, havia pus no local que jorrava.

"Quando me dei conta, um dos lados estava três vezes maior do que o outro. Achei que poderia se tratar de um problema sexualmente transmissível. Demorei para ir ao pronto-socorro porque tive vergonha de procurar ajuda. Chegando no hospital, não conseguia sentar e nem ficar parada, de tanta dor.”, contou.

 

 

O que é Bartolinite?

Trata-se de uma infecção de uma das glândulas de Bartholin, responsáveis por secretar a lubrificação feminina. Cada mulher possui duas delas, uma de cada lado da entrada do canal vaginal, por serem muito pequenas, não conseguimos enxergá-las.

Para o UOL, a ginecologista Mariana Rosário,  explicou o que acontece: “A glândula incha e, por causa disso, um dos lados da vulva fica significativamente maior do que o outro. Ao apalparem ou verem a imagem no espelho, muitas mulheres pensam que se trata de uma condição grave, como um câncer, por não terem conhecimento sobre a doença”.

A causa da condição ainda não é muito conhecida, mas sabe-se que não está relacionada ao sexo, já que jovens virgens e que já menstruam podem ter o problema também. A doença não é comum em crianças, já que a genitália ainda não está desenvolvida e as glândulas de Bartholin também não.

Muitas mulheres atribuem a doença ao uso de calças e calcinhas muito apertadas, porém a médica afirma que isso não é a causa, mas pode ser o estopin para descobrir o problema.

Por se tratar de uma condição bastante visível, a bartolinite não precisa de exames para ser diagnosticada. Uma vez identificada, a mulher recebe medicações para alívio da dor, da inflamação e de combate à infecção. "Caso exista um abcesso, ou seja, uma ponta de pus semelhante a de uma espinha que está pronta para ser estourada, os profissionais da saúde recomendam que a paciente se submeta a uma drenagem: um procedimento realizado no centro cirúrgico, com anestesia, para retirar o acúmulo de líquido e limpar a região". Caso não tenha um abcesso, somente os remédios resolvem o problema.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar