Compartilhe este texto

Caseiro matou patrão em pescaria por suposta dívida de quase R$ 10 mil em salários atrasados no Amazonas

Por Portal do Holanda

28/06/2022 11h39 — em
Policial


Ednaldo trabalhava como caseiro para a vítima - Foto: Divulgação

Manaus/AM - O caseiro, Ednaldo Oliveira de Freitas, 45, preso por matar o patrão, Antônio Francisco Lopes de Souza, 53, confessou o crime e disse que a motivação teria sido uma suposta dívida de 8 meses de salário atrasado que Francisco tinha com ele.

Segundo o delegado Ricardo Cunha, após se entregar à polícia no último domingo (26), o acusado contou que estava durante todo esse período sem receber o salário mínimo mensal que os dois haviam acordado, que somado chega a R$ 9.696,00.

Ednaldo afirma que sempre cobrava Antônio, mas a vítima não sanava a dívida que acabou acumulando no decorrer dos meses.

Irritado, o funcionário aproveitou o momento em que a vítima estava pescando em um lago na BR-174, para matá-lo pelas costas.

“Na versão dele, aqui na delegacia, ele alega que o patrão estava devendo 8 meses de salários mínimos atrasados e ele não aguentou essa pressão e por essa razão pegou a espingarda de caça e na hora que o patrão estava pescando, tirou a vida dele com um tiro na nuca”.

Após o crime, Ednaldo ainda tentou ocultar o corpo de Antônio, jogando a vítima nas águas. Ele fugiu para a casa da irmã no dia seguinte e contou o que havia feito. O acusado ainda chegou a se apresentar na delegacia na ocasião, mas por estar fora do período do flagrante, acabou sendo liberado.

Quando a Justiça emitiu o mandado de prisão, ele já havia desaparecido. No domingo, ele decidiu se entregar à polícia e afirmou que quer pagar pelo crime que cometeu. 

Segundo o delegado, a família desmentiu a dívida e a versão do acusado. Mesmo após a prisão, as investigações em torno do caso devem continuar e todas as informações repassadas pelos familiares da vítima e por Ednaldo serão devidamente apuradas.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial