Compartilhe este texto

64% dos crimes contra mulheres são cometidos dentro de casa, diz SSP

Por Portal Do Holanda

29/02/2024 17h58 — em
Policial


Delegada Débora Mafra / Foto: Divulgação

Manaus/AM - Cerca de 64% dos crimes de violência contra as mulheres registrados no Amazonas, em 2023, foram praticados dentro do próprio lar. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM) que mostram, ainda, que 42% das vítimas tinham idade entre 34 a 64 anos.

Para a delegada Débora Mafra, da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), de fato, as agressões em sua maioria ocorrem dentro de casa, mas cada vez mais as vítimas estão confiando nas ações realizadas pela rede de proteção e com isso, a mulher está tendo mais coragem em denunciar.

Os números analisados pelo Centro Integrado de Estatística (Ciesp) SSP-AM, mostram que do total geral de ocorrências, 64% foram praticadas dentro da casa onde a vítima residia.

Em seguida aparecem crimes praticados contra as vítimas na rua, na zona urbana, em estabelecimentos comerciais, em outros locais, em área rural, em via pública, na internet e em estabelecimentos de ensino.

Faixa etária - Os dados da SSP-AM mostram, ainda, a faixa etária das vítimas. Conforme a delegada, o trabalho das equipes que atuam em defesa dos direitos e no combate à violência contra a mulher está surtindo efeito e alcançando as mulheres que eram mais vítimas, principalmente as que estão acima dos 34 anos.

“O que estamos vendo é uma mudança de paradigma e aquelas que sofriam caladas estão denunciando porque as maiores vítimas sempre foram as mulheres de 18 a 24 anos. A gente vê que teve uma virada. Isso quer dizer que as mulheres mais maduras começaram a procurar também atendimento, o que muda a ideia de que a mulher mais velha tem esses tabus de não querer denunciar”, comentou Mafra.

Números - Em 2023, de acordo com os dados do Ciesp, essa violência vitimou 11% mais mulheres em todo o Estado. Do total de 35.985 crimes registrados em todas as delegacias Especializadas em Crimes Contra Mulher (DECCM) do Amazonas, 15.386 foram em vítimas com idades entre 34 a 64 anos.

Logo em seguida, os crimes foram praticados contra mulheres de 18 a 24 anos (6.745). Além disso, outras 6.429 vítimas tinham idade entre 30 a 34 anos; 924 acima de 65 anos e 727 tinham entre 12 e 17 anos.

Denúncias - As vítimas de violência doméstica podem procurar qualquer um dos Distritos Integrados de Polícia (DIPs) na capital e interior. Em Manaus, existem três unidades especializadas no atendimento de violência doméstica.

Em Manaus, a PC-AM conta com três DECCMs. A DECCM centro-sul está localizada na avenida Mário Ypiranga Monteiro, bairro Parque Dez de Novembro; a Norte/Leste, na avenida Nossa Senhora da Conceição, bairro Cidade de Deus; a Sul/Oeste na rua Desembargador Filismino Soares, bairro Colônia Oliveira Machado. No interior do estado, as Delegacias Especializadas de Polícia (DEPs), presentes nos municípios polos, atuam na investigação dos crimes contra as mulheres.Em situações de emergência, a mulher, um familiar ou qualquer vizinho pode ligar para o 190, 180 e 181. Mulheres com medidas protetivas contam com o aplicativo “Alerta Mulher”, que faz o monitoramento 24 horas e garante atendimento imediato à ocorrência e contam, ainda, com o apoio da Ronda Maria da Penha, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). 


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial