Siga o Portal do Holanda

Manaus

Projeto Viver Melhor cadastra mais de 100 pessoas em Manicoré

Publicado

em

Por


No terceiro dia de busca ativa no interior do Estado, o Governo do Amazonas cadastrou mais de 100 deficientes no município de Manicoré (a 390 km de Manaus), que serão incluídos no projeto "Viver Melhor", do programa  Amazonas Social, idealizado pelo governador Omar Aziz. O trabalho faz parte do eixo Habitação/Municípios, coordenado pela Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Seas), teve início terça-feira, 27 de março, e encerra nesta sexta-feira, dia 30. 

Manicoré é quinto município visitado pela equipe do projeto, que já cadastrou 161 pessoas em Parintins; 150 em Iranduba; 42 em Manaquiri e 19 em Caapiranga. A meta é atender 20 mil famílias em todo o Estado. O "Viver Melhor" é executado pela Secretaria de Estado da Pessoa com Deficiência (Seped) em articulação com as secretarias de Saúde (Susam), Infraestrutura (Seinfra), Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Seas.

No município, quatro equipes formadas por assistentes sociais, fisioterapeuta e um georreferenciador estão realizando o trabalho de busca ativa de deficientes físicos de membros inferiores, com dificuldade de deambulação (que não tem como se locomover), acamados e cadeirantes. As informações são repassadas para a Seped que, dependendo da necessidade de adaptação da residência, doações de próteses e cadeira de rodas, articula ações com a Seinfra ou a Susam.

Em Manicoré a equipe visitou a casa da aposentada Maria Eulinda, de 82 anos, que, desde os 50 anos, perdeu movimentos das pernas e braços por conta de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Para se locomover, ela depende de cadeira de rodas, mas a casa do irmão, Moacir Lima, 65, onde ela mora, não apresenta acessibilidade adequada nos quartos, banheiro e porta de saída.

No trabalho, a Seas também realiza o cadastro social das famílias e verifica se o deficiente tem perfil socioeconômico para receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido pelo Governo Federal. A expectativa do governo é cadastrar 120 deficientes. “O apoio da prefeitura de Manicoré está sendo muito importante para o nosso trabalho”, disse a coordenadora do projeto e assistente social, Kátia Brandão.

Localizado na calha do rio Madeira, no Sul do Amazonas, Manicoré registra um indicador médio de 0,621 no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), de  acordo com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).
 

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.