Siga o Portal do Holanda

Manaus

Mulher é ouvida sobre golpe da casa própria

Publicado

em

Por

A Delegacia do 3º. Distrito Integrado de Polícia  notificou Deusimar Minhós de Souza a comparecer   à delegacia para prestar esclarecimento sobre seu envolvimento em crime de fraude, envolvendo mais de 12 vítimas. Ela é acusada de se passar por funcionária da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), oferecendo facilidades para aquisição de casa do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).
 


De acordo com 12 vítimas que estiveram na delegacia, a acusada oferecia facilidades para agilizar o recebimento da casa própria. Em julho de 2011, um aposentado, vítima do golpe, foi apresentado à acusada, pela sua cunhada, locatária da mesma, que lhe ofereceu vantagens, oferecendo apartamento e casa do Prosamim, com inscrição junto à Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab). Deusimar cobrava em média, R$ 1 mil para contratos relacionados a casas, e para apartamentos ela cobrava a quantia de R$ 2 mil, valores estes para que a situação fosse agilizada e as vítimas pudessem pegar as chaves de suas residências, que na verdade não existiam.

 

Segundo o delegado titular do 3º DIP, Abrahão Serruya, a suspeita visitava as vítimas, chegava em uma Kombi, com outros funcionários para realizar um suposto cadastramento, simulando todos os trâmites do processo de aquisição,  para não levantar suspeitas, informavam que a entrega da casa não iria demorar, persuadindo assim, seus compradores, todo o processo parecia legal. Deusimar oferecia casas no Conjunto Parque Riachuelo, Cidadão 10 e apartamentos do Prosamim do bairro Petrópolis. O delegado informou ainda que uma dona de casa, o nome não pode ser revelado, repassou para suspeita R$ 30 mil, referente ao pagamento de várias pessoas que caíram no golpe, a propagação do esquema era feito boca a boca, geralmente era feito entre parentes e amigos. A suspeita responde a dois processos pelo crime de estelionato, na 1ª e 6ª Vara Criminal.

    

Deusimar foi indiciada pelo crime de estelionato e responderá em liberdade.

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.