Mais adesões a Artur no Distrito

Por

30/08/2012 15h26 — em


As visitas do candidato a prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto, a duas fábricas do Polo Industrial de Manaus (PIM), nesta semana, revelaram aceitação positiva à sua candidatura entre os industriários. Artur participou de um almoço com dirigentes e funcionários da empresa Wap Metal – que atua no segmento de componentes de automação industrial – e visitou a linha de produção da Pastore da Amazônia S.A, do segmento de injeção plástica, sendo bem recebido e aplaudido em ambas.

Na Pastore, que emprega 860 trabalhadores, Artur conversou com os operários apontando a importância da Zona Franca e a necessidade da formação e especialização da mão de obra para fortalecimento dos empregos e aumento salarial. Artur também citou que as empresas precisam investir em inovações com tecnologia de ponta a preços competitivos. “A revisão do processo produtivo básico de pelo menos 16 produtos é o terceiro ponto crucial para a otimização do modelo”, destacou.

“A maioria dos industriários está com Artur. Ele sempre batalhou pelo nosso emprego na Zona Franca. Precisamos dele na prefeitura para que continue lutando por nós”, declarou a auxiliar de produção, Arlete Oliveira, da Pastore.

Em visita à linha de produção e no almoço na Wap Metal, Artur conversou com os funcionários sobre a atual crise que vive o modelo Zona Franca de Manaus. “A economia do Amazonas é sustentada quase que exclusivamente pelo modelo Zona Franca e várias empresas já fecharam as portas. A Wap, por exemplo, tinha 400 funcionários e hoje conta com menos de 300, isso afeta não só o trabalhador, mas as famílias de modo geral. Podem falar o que quiserem, mas a Zona Franca nunca proposta eleitoreira para mim, sempre fui ferrenho defensor”,  declarou.

Artur tranquilizou a ansiedade dos eleitores/industriários anunciando que vai trabalhar junto com a Frente Nacional de Prefeitos para torná-la uma tribuna de defesa da Zona Franca que agregue o maior número de cidades que também terão apoio de Manaus em suas reivindicações. “Vamos ganhar força e poder de barganha”, explicou.

 

NULL

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+