Siga o Portal do Holanda

Manaus

Médica defende vacina contra HPV gratuita na rede pública, na Câmara Municipal

Publicado

em

Por

A médica ginecologista obstetra Mônica Bandeira de Melo defendeu que a rede pública de saúde ofereça, gratuitamente, a vacina contra o HPV. “O HPV é responsável por mais de 90% dos casos de câncer do colo uterino. A médica esteve  na manhã desta quarta-feira  na Câmara Municipal de Manaus onde  participou de uma tribuna popular, a convite do presidente da Comissão de Saúde, vereador Homero de Miranda Leão (PHS) .


Segundo a médica, atualmente, apenas duas clínicas oferecem a vacina em Manaus e os preços são altos. De acordo com ela, o Amazonas é o Estado com o maior índice de câncer do colo uterino do País. Este tipo de câncer pode se desenvolver a partir do vírus HPV. “Enquanto em todos os outros Estados o câncer de mama lidera o número de casos de câncer em mulheres, no Amazonas é o câncer de colo do útero. “Os casos aumentam a cada dia, porque estamos numa região de dimensão continental. Os rios são nossas estradas. Há mulheres, no interior do Estado, que esperam de três a quatro meses para receber o exame preventivo. Há dificuldade de acesso ao exame preventivo. Há a preocupação de quem faz a coleta. Tem que ser um médico ou um enfermeiro especializado. Não pode ser um técnico de enfermagem”, ressaltou.

A ginecologista e obstetra alerta, ainda, para que toda menina que comece a vida sexual procure um médico especialista para a realização do papanicolau, pelo menos uma vez por ano. “Muita gente pensa que o HPV causa apenas câncer do colo do útero. Não. Causa também câncer de pênis, de ânus e de vulva. Há mais de 70 anos que, no Brasil, se conhece a relação do HPV com esses tipos de câncer. Existe a vacina, mas não existe na rede pública”, esclareceu.

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.