Câmara vai reunir para cassar prefeito de Boa Vista do Ramos

Por

22/02/2012 11h43 — em Manaus

O vereador Joaquim Teixeira Barbosa (PSC), foi flagrado recebendo aproximadamente R$ 100 mil das mãos do prefeito de Boa Vista do Ramos, Elmir Lima Mota (PSD) e escondendo o dinheiro na cueca.

 

Os vereadores da Câmara Municipal de Boa Vista do Ramos (a 271 quilômetros de Manaus), que afastaram no dia 19 do mês de janeiro o prefeito Elmir Lima Mota (PSC), se reunirão em sessão extra ordinária no próximo sábado dia 25, às 18h, para decidirem a respeito da sua cassação.
 
A informação é do advogado da Câmara Municipal, José Fernandes Júnior, acrescentando que os trabalhos da comissão que investigou o prefeito Elmir Mota e seu vice, Glauciomar Corrêa Pimentel, foram concluídos.  Os dois cometerem crime de improbidade administrativa.
 
De acordo com Júnior Fernandes, para cassar Elmir Mota  será necessário que seis vereadores dos nove  que integram a Câmara, votem pela cassação do prefeito e do vice.
 
Fernandes  informou ainda que caso seja confirmada a cassação de Elmir Mota, o vereador Marlon Trindade, que está como interino assume e seguirá até o final do mandato, como prevê o regimento da Câmara.
 
Denúncias
 
O afastamento do prefeito e do vice  ocorreu depois dele ser flagrado entregando dinheiro ao vereador Joaquim Teixeira (PSC). As imagens foram parar na internet e mostraram Elmir Mota entregando dinheiro ao parlamentar, que esconde as notas na cueca, nas meias e em várias outras partes.

NULL

+ Manaus