Siga o Portal do Holanda

Manaus

Artur manda rever contrato com empresas de ônibus

Publicado

em

Por

 

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, aguarda reunião com empresários do sistema de transporte coletivo para discutir as cláusulas que regem o contrato que definem o funcionamento do sistema, entre elas o reajuste da tarifa.

“Já conversei com quase todas as entidades de classes, menos os empresários. Estranhamente, eles não me procuraram. Não sou irrealista. Se sobe o preço de carne, do peixe, do cinema, uma hora tem que subir o preço da tarifa também. Eles não estão tratando com alguém que tenha a mente fechada, que ache que governar bem é não aumentar preço de tarifa. Eu quero o diálogo, não quero medida extrema. Mas vou lutar sempre pra proteger o direito das pessoas que eu governo”, afirmou o prefeito.

De acordo com os empresários, uma das regras do contrato estipula que o reajuste da tarifa deve ser feito no mês de outubro, anualmente. Segundo Arthur Virgílio, se isto é real, o reajuste deveria ter sido dado no governo do ex-prefeito Amazonino Mendes e forçar um aumento no início de gestão é querer agir de má fé. O termo faz referência a mais uma ameaça de paralisação do sistema de transporte coletivo, que ocorreria na manhã desta segunda-feira, 07. Esta é a segunda ameaça que o prefeito enfrenta desde o início do mandato, há uma semana.

 

NULL

+ Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.