Secretária americana discute crise imigratória com autoridades brasileiras

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

23/10/2021 17h12 — em Mundo

Em meio à crise imigratória enfrentada pelo governo Joe Biden nos Estados Unidos, a secretária adjunta para Assuntos Internacionais do Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos, Serena Hoy, se reuniu com autoridades do governo brasileiro nesta semana, em Brasília, para discutir medidas de contenção ao avanço da entrada ilegal no país norte-americano.

A informação foi divulgada pela Embaixada dos Estados Unidos em Brasília. A visita ocorreu nos dias 21 e 22. De acordo com o escritório norte-americano, "a visita fez parte da contínua discussão com o governo brasileiro sobre as tendências migratórias e recomendações de políticas públicas para melhorar a cooperação regional".

O número de brasileiros que cruzaram ilegalmente a fronteira dos EUA com o México no último ano fiscal americano atingiu um recorde histórico e superou em quase oito vezes os dados do período anterior. Os números foram divulgados na sexta-feira, 22, pelo Serviço de Alfândegas e Proteção das Fronteiras dos EUA (CBP, por sua sigla em inglês).

Nesta semana, o secretário de Estado americano, Antony Blinken, pediu que países da região se engajem em uma ação rápida e coordenada para conter o que ele classificou como um "problema insustentável". Na terça-feira, Blinken telefonou para o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos França. Segundo o porta-voz do Departamento de Estado americano, Ned Price, o americano "reconheceu a liderança do Brasil na assistência a populações vulneráveis de imigrantes, incluindo haitianos e venezuelanos".

A secretária adjunta, por sua vez, se reuniu com o secretário para Assuntos Consulares, Cooperação e Cultura do Itamaraty, Leonardo Gorgulho, e representantes do Ministério da Justiça e Segurança Pública em Brasília. Os assuntos prioritários discutidos, de acordo com a embaixada norte-americana, foram os programas e medidas para melhorar a gestão migratória e garantir uma migração ordenada, segura e regular, além de cooperação em relação aos haitianos legais no Brasil que tentam entrar ilegalmente nos EUA.

"O Brasil tem sido um modelo de generosidade em receber venezuelanos, haitianos e outros que precisam de apoio humanitário e proteção. O Brasil é um parceiro excepcional para ajudar a região a lidar com nossos desafios de migração", disse a secretária adjunta, conforme a embaixada. "As reuniões frutíferas com nossos homólogos brasileiros se concentraram em encontrar soluções para muitas das questões atuais, incluindo a repressão às organizações criminosas transnacionais, aos contrabandistas e aos traficantes que exploram migrantes vulneráveis."


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Mundo