Compartilhe este texto

Mulher morre aos 39 anos após lipoescultura dar errado

Por Portal do Holanda

19/01/2022 14h47 — em
Mundo


Foto: Família de Sara Gómez (via BBC)

Sara Gómez morreu aos 39 anos no início deste mês, após sofrer diversas perfurações em alguns órgãos, durante uma cirurgia plástica conhecida como lipoescultura, realizada no dia 2 de dezembro em uma clínica particular de Cartagena, na Espanha. 

Após a cirurgia, a mulher chegou a informar à família que estava bem. Porém, horas depois Sara ficou em estado grave e precisou ser transferida para um hospital após perder sangue e outros líquidos. Ela ficou internada em UTI, mas acabou falecendo no dia 1º de janeiro. 

De acordo com o advogado da família de Sara, Inácio Martínez, a mulher sofreu cerca de 30 perfurações de 0,5 a 2 centímetros que atingiram órgãos como rins, cólon, intestino, fígado e outros. 

O cirurgião de 38 anos responsável pelo procedimento, afirmou à Martínez, que a cirurgia não teve complicações e que o anestesista confirmou que estaria tudo bem. Porém, 12 dias após a cirurgia, o próprio anestesista compareceu ao Departamento de Saúde da região de Múrcia, e afirmou ter avisado sobre situações preocupantes. 

Conforme o profissional, ele teria apontado que a mulher sofria de queda de pressão e que o líquido extraído do corpo de Sara tinha cor escura e avermelhada, sendo que o comum é que o líquido que sai durante o procedimento seja na cor amarelada, pois se trata de uma extração de gordura. 

A justiça que cuidou do caso retirou o passaporte do médico investigado, mas não foi afastado de sua profissão.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo