Seis toneladas de tambaqui e pirarucu serão vendidas na Feira da FAS em Manaus

Por Portal do Holanda

27/10/2021 13h11 — em Manaus

Foto: Divulgação

Manaus/AM - Começa amanhã (28) a venda de seis toneladas de peixes oferecidos na Feira do Tambaqui, realizada todos os meses pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS). As vendas vão até sábado, dia 30 de outubro ou enquanto durar o estoque.

Além de tambaqui, cerca de 600 quilos de pirarucu seco estarão disponíveis para venda na feira.

A origem do tambaqui é do manejo realizado por 25 famílias da comunidade Batalha de Baixo, localizada no município de Fonte Boa, informa a FAS.

Os demais peixes vendidos na feira são oriundos da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, que não está na faixa territorial de incidência dos casos de rabdomiólise no Amazonas.

Todos os protocolos de manuseio e armazenamento correto do peixe, da pesca ao transporte, foram seguidos.

Os preços do tambaqui variam por quilo de até 4 kg a R$ 8/kg, de 4,001 a 5 kg por R$ 10/kg, de 5,001 a 6,999 kg por R$ 13/kg e acima de 7kg R$ 16/kg.

O quilo do pirarucu seco sai a R$ 25. Os peixes poderão ser tratados no local pelos pescadores.

A Feira do Tambaqui é realizada na sede da FAS, situada na Rua Álvaro Braga, 351, bairro Parque 10, das 7h às 15h, sem necessidade de agendamento prévio, com venda por ordem de chegada e seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19.

Na próxima semana, nos dias 5 e 6 de novembro, acontecerá a Feira do Pirarucu, também na sede da FAZ, com a oferta de 4 toneladas do peixe fresco à venda, com os seguintes valores: manta por R$ 18/kg, filé por R$ 25/kg, ventrecha por R$ 14/kg e carcaça a R$ 6/kg.

O pirarucu é oriundo do trabalho manejado por 27 famílias das comunidades Monte Horebe, Terra Nova e Boiaquara.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus