MP pede condenação de três acusados de sequestrar vereador em Manaus

Por Portal do Holanda

21/09/2021 17h00 — em Manaus

Foto: Reprodução

A 1ª Promotoria de Justiça do Ministério Público do Amazonas (MPAM), atuou no julgamento de oito pessoas que foram acusadas pela justiça pelo sequestro do ex-vereador do Município de Tefé, no dia 9 de julho deste ano.O MPAM pediu a absolvição de cinco dos acusados, por falta de provas, e a condenação de três deles. O processo, que está em segredo de justiça, deve ter o resultado divulgado esta semana.

O crime ocorreu na Avenida Laguna, no bairro Lírio do Vale, na Zona Centro-Oeste de Manaus, no dia 9 de julho deste ano. Segundo as investigações, o crime ocorreu quando a vítima foi convidada por um suposto amigo, a vítima foi chamada para ir a um bar, mas foi atacada e acabou sendo levada para um primeiro cativeiro, provisório. Na sequência, foi levado a um segundo cativeiro, onde permaneceu por três dias, até 12. A polícia chegou ao segundo cativeiro e a vítima foi libertada. As investigações da polícia começaram após familiares denunciarem o caso. A investigação descobriu que motivação seria uma dívida  R$ 50 mil que a vítima teria com o grupo criminoso.

 “Dos oito envolvidos, sete estavam presos. O MPAM pediu absolvição de cinco pessoas por falta de provas e a condenação de três, por entender que haviam elementos de comprovação da participação delas no crime, além do histórico criminal de condenação em Manaus e no Estado do Pará. O caso foi resolvido com celeridade, levando-se em conta a sua complexidade de fatores. Por fim, aguardamos o resultado da sentença, que deve sair no decorrer dessa semana”, explica a Promotora de Justiça Marlene Franco da Silva.

 O julgamento do caso teve início no dia 03 de setembro, quando foram ouvidas a vítima e testemunhas de acusação. No dia 17, foram ouvidas as testemunhas de defesa e os réus, e apresentadas as alegações orais do Ministério Público e das defesas.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus