'Lockdown é única saída', diz pesquisador sobre colapso no Amazonas

Por Portal do Holanda

16/01/2021 3h32 — em Manaus

Crise na saúde (Foto: Luis Barrucho/BBC)

Manaus/AM - O pesquisador Jesem Orellana, do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) afirmou nesta sexta-feira (15) que Manaus virou a "capital mundial da covid-19" ao falar, durante entrevista à BBC Brasil, sobre o colapso no sistema de saúde do Amazonas devido a falta de oxigênio nos hospitais em meio a recordes de internações por Covid-19.

 "O oxigênio mostra a face mais cruel da epidemia. O problema de Manaus não é única e exclusivamente o oxigênio. Isso mostrou ao mundo uma das maiores tragédias da saúde pública já documentadas na história recente", disse Orella.

Para ele, não há outra saída senão "um lockdown total", que é uma medida de bloqueio total de circulação de pessoas. "Não há outra. Todos os artigos científicos que foram publicados ao longo do ano de 2020 avaliando a relação entre o lockdown e a redução da circulação viral são unânimes em mostrar que a adoção de medidas adequadas leva a um achatamento da curva de contágio e a uma posterior menor demanda por leitos hospitalares, o que resulta, inexoravelmente, em menos mortes. Não temos outra solução porque a gestão falhou repetidas vezes, está mostrando que não tem capacidade para gerenciar a epidemia e a população sozinha não consegue fazer nada pela extrema dificuldade de aderir a essas medidas de forma voluntária".

O Amazonas enfrenta dificuldades em atender os pacientes internados na rede pública de saúde por causa da falta de oxigênio, devido à superlotação nos hospitais.

 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus