Governo do Amazonas consulta laboratórios para compra de vacinas da covid

Por Portal do Holanda

27/02/2021 11h18 — em Manaus

O objetivo é reforçar as ações do Governo Federal - Divulgação: Secom

Manaus/AM -  O Governo do Amazonas e o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, intensificaram a consulta a laboratórios de vários países sobre a disponibilidade de vacinas contra a Covid-19. O objetivo é reforçar as ações do Governo Federal, somando esforços para ampliar a vacinação e conter o avanço das infecções pelo novo coronavírus.

Por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), o Governo do Amazonas enviou, no último dia 15, ofícios à direção do Instituto Butantan, em São Paulo, e à presidência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, consultando sobre a disponibilidade de 1,2 milhão de vacinas contra a Covid-19, para a aquisição direta “com a maior brevidade possível”, de forma a atender à parcela da população inserida no grupo prioritário.

Foram acionadas as seguintes instituições e laboratórios: União Química Farmacêutica e Russian Direct Investment Fund (com foco na aquisição da Sputnik V), AstraZeneca/Oxford, Pfizer, Sinovac/BioNtech, Sinopharma, Moderna Therapeutics e Conselho Curador do Instituto Butantan. À Embaixada da China no Brasil, o Consórcio anexou a carta enviada à Sinopharm, reforçando o interesse em adquirir as vacinas, além da cópia da decisão judicial.

Em resposta ao ofício do Governo do Amazonas, a Fundação Oswaldo Cruz disse que se alinha à preocupação do Estado em ampliar a imunização contra o novo coronavírus; e informou que toda a produção da instituição está integralmente destinada ao Ministério da Saúde, não sendo possível atender à demanda do Amazonas.

 

 



 
 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus