Compartilhe este texto

Golpistas anunciam falso cadastro e venda de casas de programa de habitação em Manaus

Por Portal do Holanda

28/05/2022 11h30 — em
Manaus


Foto: João Viana / Arquivo / Semcom

Manaus/AM - A Prefeitura de Manaus divulgou um alerta sobre golpistas que estão se passando por funcionários do poder público, para anunciar nas redes sociais, falso cadastro e inscrição para o programa de habitação na capital. 

A Vice-Presidência de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf) esclareceu que não tem associações ou entidades cadastradas atualmente fazendo qualquer tipo de inscrição ou novo cadastro.

"Não estamos fazendo novo cadastramento, nem autorizamos qualquer instituição, ONG (Organização Não Governamental), associação ou pessoa a realizar cadastro. Também não é feita qualquer cobrança quando a prefeitura realiza o serviço. Este não é nosso procedimento. Temos cronograma e todos são amplamente divulgados. Caso alguém tenha feito alguma negociação com o suspeito envolvendo cadastro, a orientação é procurar uma delegacia, fazer denúncia à polícia e um Boletim de Ocorrência”, explica o vice-presidente Renato Queiroz.

De acordo com o vice-presidente, novos cadastros não estão sendo realizados no momento, devido a lista de espera do banco de dados. Pessoas mal intencionadas costumam fazer anúncios em sites de compra e venda na internet, oferecendo uma falsa venda de apartamentos do programa. Os imóveis financiados pela Caixa Econômica não podem ser vendidos, alugados ou negociados.

Os dados cadastrais disponíveis, hoje, na rede municipal são interligados ao Sistema Nacional de Cadastro Habitacional (SNCH). Antes de divulgar informações pessoais em cadastramento, a população deve verificar nas redes sociais e no site da Prefeitura de Manaus se está ocorrendo alguma ação oficial.

Agendamentos e informações podem ser solicitados, via e-mail, pelo [email protected] Denúncias também podem ser feitas pelo telefone (92) 98844-2001, em horário comercial.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Manaus

+ Manaus