Com mais de 300 pessoas nas ruas, bares no Centro de Manaus são fechados

Por Portal do Holanda

18/04/2021 21h57 — em Manaus

38 estabelecimentos foram vistoriados - Foto: Divulgação

Manaus/AM - Entre a noite da última sexta-feira (16) e a madrugada deste domingo (18), as equipes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) interditaram quatro estabelecimentos e encerraram a atividade de outros 11 por descumprimento do decreto governamental com medidas de prevenção à Covid-19. Ao todo, 38 estabelecimentos foram vistoriados em Manaus. 

Na sexta-feira, quatro locais foram interditados pela CIF. No bar do Barba, localizado na avenida Itaúba, bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus, foi constatada uma aglomeração, além do local funcionar como bar em modalidade principal, o que está proibido. Na mesma avenida, o Barém Pub também foi interditado.  

Na zona norte, o Firma Gastrobar, localizado no bairro Novo Aleixo, não possuía Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de restaurante, além de  estar promovendo aglomeração no ambiente. O Seven7 Laranjeiras, localizado na rua Marquês de Muritiba, bairro Flores, zona centro-sul da capital, estava promovendo aglomeração no momento em que os fiscais chegaram. O local foi interditado e autuado pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus). 

Na tarde do sábado, a CIF encerrou as atividades  do SS Bar, no bairro Nossa Senhora das Graças, na zona centro-sul. O estabelecimento estava funcionando com CNAE de posto de lavagem. No Salomé, localizado no Vieiralves, os agentes identificaram que a norma de distanciamento entre as mesas e os músicos não estava sendo cumprida. O estabelecimento foi autuado pela Visa Manaus. 

À noite, o Sensation Gastrobar, localizado na avenida Djalma Batista, foi notificado pelo Corpo de Bombeiros. Já a Espetaria do Confra teve as atividades encerradas por estar funcionando fora do horário permitido, sendo autuado pela Visa Manaus. 

Superlotação no Centro - Bares na rua Lobo D'almada e na Praça da Saudade, no Centro, foram fechados após denúncias da população. Na Lobo D'Almada, a estimativa da Polícia Militar é que houvesse um público de cerca de 300 pessoas no local, consumindo bebidas alcoólicas na rua. O grupo dispersou com a chegada das equipes de fiscalização. 

Na Praça da Saudade, onde os bares também reuniam centenas de pessoas aglomeradas, o público dispersou com a chegada das guarnições da Polícia Militar. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus