Cerca de 163.983 pessoas ainda não se vacinaram contra Covid-19 em Manaus

Por Portal do Holanda

27/11/2021 2h17 — em Manaus

Foto: Pixabay

Manaus/AM - Cerca de 163.983 pessoas ainda não se vacinaram contra Covid-19 em Manaus, é o que aponta os dados divulgados, nesta sexta-feira (26), pela Secretaria Municipal de Saúde.

A capital amazonense atingiu 3,100 milhões de doses aplicadas, sendo 1.621.840 primeiras doses, 1.291.504 segundas doses, 26.593 doses únicas e 159.731 doses de reforço. Da população vacinável, a partir de 12 anos de idade, liberada para receber a imunização, 90,82% tomaram a primeira dose, 73,81% estão com o esquema vacinal completo e 8,95% receberam a dose de reforço.

A Semsa sugere a consulta à plataforma Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br), por meio da qual é possível acompanhar o agendamento para a segunda e terceira doses, uma vez que houve alteração nos intervalos entre doses das vacinas AstraZeneca, que passou a ser de 56 dias, e Pfizer, que teve redução para 21 dias.

Documentos

Os documentos exigidos para receber a primeira dose, no caso dos maiores de 18 anos, são identidade – original, com foto – CPF e um comprovante de residência. Os adolescentes de 12 a 18 anos, além dos documentos, que também podem ser a certidão de nascimento e o Cartão Nacional de Saúde, devem estar acompanhados dos pais ou de um responsável, maior de 18 anos.

Para tomar a segunda dose, é preciso apresentar o cartão de vacinação, documento de identificação e CPF. Para os adolescentes, é imprescindível a presença de um responsável e a documentação.

A dose de reforço pode ser recebida por quem tem 18 anos ou mais e trabalhadores da saúde que tenham concluído o esquema vacinal há pelo menos cinco meses. Para isso, devem levar o cartão com a comprovação das duas doses, identidade e CPF. Para os imunossuprimidos, o intervalo entre a segunda dose e a dose de reforço reduz para 28 dias.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus