Após repiquete, Rio Negro se mantém estável em 30,02 metros em Manaus

Por Portal do Holanda

17/06/2021 9h07 — em Manaus

Homem caminha na Rua dos Barés alagadas. Foto: Divulgação/ Semcom

Manaus/AM - Dois dias após registrar leve alta de 2 centímetros, atingindo assim a marca histórica de 30,02 metros, o nível do Rio Negro se manteve estável nesta quinta-feira (17).

De acordo com cota medida na régua do Porto de Manaus, esta é considerada a maior cheia do rio desde que o nível das águas começou a ser medido, em 1902.

Especialistas apontam que a subida de 2 centímetros, na última terça-feira (15), indica repiquete, que é quando o rio começa a descer, mas ao invés de secar acaba enchendo por conta das chuvas nas cabeceiras dos afluentes.

Na capital, aproximadamente 15 bairros estão com ruas debaixo d’água. Os bairros do Centro, Educandos, Betânia e Aparecida são alguns dos mais afetados.

O comércio foi afetado e até a Feira Manaus Moderna precisou mudar de local e agora funciona em uma balsa, nas margens do Rio Negro, próximo ao Mercado Adolpho Lisboa.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Manaus