Robinho decide homenagear Bolsonaro com gol e se diz perseguido pela Globo

Por Portal do Holanda

16/10/2020 18h34 — em Famosos & TV

Jogador foi condenado por estupro coletivo na Itália. Ele recorreu. - Foto: Reprodução/Instagram

Condenado por estupro coletivo na Itália, o jogador Robinho apareceu, em novos trechos de mensagens divulgados nesta sexta-feira (16), se comparando ao presidente Jair Bolsonaro, ao afirmar que, assim como o político, também é "perseguido pela Rede Globo".

O jogador diz, ainda, que marcará um gol em homenagem ao presidente e dirá "Globo lixo" na ocasião. Leia os novos trechos divulgados:  "Bebeto, tô em paz, irmão. Como falei, Deus está me preparando para algo muito maior. No deserto, é nesses ataques que você se aproxima de Deus e se prepara. A gente tem N exemplos aí. Você viu o que fizeram com o Bolsonaro antes da eleição? O ataque que fizeram ao cara? Falando que o Bolsonaro era isso e aquilo? Que o Bolsonaro era racista, fascista, que era assassino? E quanto mais eles batiam no Bolsonaro, mais ele crescia. Então estou em paz mesmo, de coração. Não estou preocupado com eles".

Nesta sexta-feira, o Santos anunciou a suspensão do contrato do atacante

"O bem sempre vence e a verdade vai aparecer. Os caras aí são pessoas usadas pelo demônio, né? A gente sabe como a TV Globo é uma emissora do demônio. É só você ver as novelas, as programações. Então eu estou em paz. Deus vai dar a vitória. Que se cumpra o propósito de Deus na minha vida. Meter gol neles, 'tamo junto'. Vou meter uma camisa quando fizer gol: 'Globo lixo, Bolsonaro tem razão'".

Em outro áudio, Robinho afirma: "Fala para ele ficar tranquilo, esses ataques aí da Globo esses caras não vai (sic) me afetar, não, porque Deus está no controle de tudo, entendeu? Só blindar minha família dessas coisas porque a esposa, meus pais e os meus filhos são as pessoas que mais sofrem. Mas eu estou tranquilo, entendeu? A gente sabe que essa emissora não é uma emissora que preserva coisas boas. Dão muita a ênfase a coisas negativas. Então eles querem ganhar ibope. E obviamente o Santos não tem nada a ver com meus problemas pessoais. Mas eu vir para o Santos também ajuda, porque eles acham que o Santos é time pequeno e o Santos é gigante. Eles acham que os times grandes são só os de São Paulo, entendeu? Mas fala para o Marcelo que eu tô tranquilão. De boa, me preparando para entrar e meter gol".

Estupro coletivo na Itália

Nesta semana, foram divulgadas gravações que mostram Robinho falando sobre a sua participação no ato sexual  em que é acusado de estuprar uma jovem albanesa de 23 anos, em uma discoteca em Milão.

Conforme acusação do Ministério Público italiano, acatada pelo Tribunal de Milão, o jogador brasileiro teria participado, com outros cinco homens, do estupro coletivo, após embebedar a jovem e a levar inconsciente para a chapelaria do local, onde foi estuprada multiplas vezes. 

Também nesta semana, foi divulgada a gravação que mostra Robinho confirmando que enfiou o pênis na boca da jovem, que ele considerou não ser um ato sexual. Robinho apareceu, ainda, debochando do caso: "Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu.”.

O jogador afirma que não participou do estupro por não ter penetrado a vagina da vítima, e demonstrou lembrar com detalhes do que aconteceu: "Olha, os caras estão na merda... Ainda bem que existe Deus, porque eu nem toquei aquela garota. Vi (acusado 2), e os outros fo***** ela, eles vão ter problemas, não eu... Lembro que os caras que pegaram ela foram (acusado 1) e (acusado 2).... Eram cinco em cima dela”.

Em seguida, o amigo questionou: “Mas você também transou com a mulher?”. Robinho disse que apenas tentou, mas o amigo, em seguida, entregou: “Eu te vi quando colocava o pênis dentro da boca dela”. O jogador não nega e diz apenas que “isso não significa transar”.

Em outra conversa, um outro amigo diz temer por Robinho, mas o jogador descarta a preocupação mais uma vez: "Telefonei a (acusado 3), e ele me perguntou se alguém tinha gozado dentro da mulher e se ela engravidou. Eu disse que não sabia, porque me recordo que eu e você não transamos com ela porque o seu pênis não subia, era mole... O problema é que a moça disse que (acusado 1), (acusado 2) e (acusado 3) a pegaram com força".

Robinho foi condenado a 9 anos de prisão, e recorreu da decisão em segunda instância. O processo dos amigos corre à parte por eles terem deixado o país após a acusação.