Compartilhe este texto

Vai de Bet se irrita com denúncia e estuda rescindir contrato com Corinthians

Por Folha de São Paulo

21/05/2024 17h32 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Vai de Bet, patrocinadora máster do Corinthians, estuda rescindir o contrato. A empresa está incomodada com as notícias recentes sobre o contrato de intermediação do acordo, conforme adiantou o GE. A denúncia foi publicada na coluna de Juca Kfouri no UOL.

A empresa disse ao Corinthians que a parceria tem como um dos objetivos trazer credibilidade para a marca, e que caso esse cenário continue vai estudar formas de rescindir o contrato. O acordo de R$ 370 milhões é válido por três anos.

O contrato está sendo investigado pelo Conselho Deliberativo alvinegro. O pagamento de comissão de R$ 25,2 milhões à empresa Rede Social Media Design é o objeto da desconfiança. A firma pertence a Alex Fernando André, conhecido como Alex Cassundé, que trabalhou na campanha do presidente Augusto Melo.

A Rede Social Media Design repassou pouco mais de R$ 1 milhão para uma empresa "laranja": a Neoway Soluções Integradas em Serviços Ltda. A Neoway está em nome de Edna Oliveira dos Santos, uma mulher que mora numa casa simples em Peruibe, lítoral de São Paulo. Ela teria sido surpreendida com esse contrato.

Em nota oficial, o Corinthians disse que a negociação foi legal e que não se responsabiliza sobre eventuais repasses a terceiros.

"Todas as negociações, incluindo patrocínios, se deram de forma legal com empresas regularmente constituídas. O clube destaca que não guarda responsabilidade sobre eventuais repasses de valores a terceiros. Caso sejam apresentadas quaisquer provas de ilícitos, estes serão discutidos junto ao Conselho Deliberativo para providências que se fizerem necessárias", divulgou o Corinthians.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes