Compartilhe este texto

Sob comando de Barroca, Avaí defende vaga no G4 do Campeonato Brasileiro

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

13/05/2022 22h05 — em Esportes


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Avaí recebe o Juventude neste domingo (15), a partir das 18h, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Sob o comando de Eduardo Barroca, o time chega à partida em terceiro na tabela, somando dez pontos. Barroca é um dos técnicos jovens das Série A de mais fácil entendimento das ideias que busca implementar. Isso se dá pela nitidez dos padrões adotados nas equipes que dirige. Algo que se repete agora no Avaí. O time catarinense tem aproveitamento de pontos bem acima da expectativa inicial na competição, mas sem abdicar de ser agressivo e organizado com a bola.

É natural que um time que venha da Série B e não possua potencial grande de investimento tenha predileção por jogar fechado, na base de contra-ataques, explorando um possível erro do adversário. Logicamente que o Avaí deverá ter tal característica diante de rivais muito poderosos fora de casa, mas não é essa a proposta-base do time.

Uma rápida olhada apenas nas estatísticas até o jogo desta segunda-feira (9) contra o Coritiba mostrava o Avaí com a quinta menor posse de bola da competição. Mas é preciso, como em todo uso de estatísticas, aliar números com observação do jogo. E aí chegamos e real conclusão deste dado.

Dificilmente o Avaí estará entre as maiores posses do Campeonato Brasileiro. Há mais de uma dezena de equipes mais qualificadas tecnicamente, e algumas delas também buscam a pelota como forma de se impor. Então é natural que o time seja batido em alguns momentos nessa ''queda de braço'' dentro do gramado.

Barroca completa três meses de Avaí nesta semana. Tempo curto para maiores desenvolvimentos, mas o suficiente para identificar qual é a ideia em diferentes cenários. Como faz desde a base, implementa o jogo de posição em seus trabalhos. Cada atleta ocupa obrigatoriamente o seu espaço no gramado, e isso gera linhas de passe mais naturais. A partir disso eles interagem.

Muitos acham que esse modelo consiste em jogadores estáticos, mas não é isso. Os atletas se mexem dentro de espaços pré-estabelecidos e até podem trocar de posição, desde que os setores estejam preenchidos. Depois de partidas com dificuldades para criar, isso está sendo bem executado com frequência, e a média de gols cresceu.

Acreditar que o Avaí se manterá na terceira posição do Campeonato Brasileiro até o final parece utopia. As oscilações de desempenho e os desfalques importantes virão. Mas o melhor início de competição da história do clube merece ser exaltado, bem como o ganho de pontos que será fundamental para um resultado diferente daquele imaginado até mesmo pelos torcedores mais otimistas do clube ao final da competição.

Para a partida deste domingo, Barroca deve repetir a mesma formação da última rodada, podendo contar com a estreia do volante Matheus Galdezani. Uma provável escalação inicial do Avaí tem: Douglas; Kevin, Bressan, Arthur e Cortez; Raniele, Eduardo e Bruno Silva (Jean Cléber ou Matheus Galdezani); Morato, Muriqui e Bissoli.

O Juventude, por sua vez, vem de derrota contra o São Paulo, nesta quinta-feira (12), o que eliminou o time da Copa do Brasil, e busca um revés para melhorar sua situação no Campeonato Brasileiro -em 18º na tabela, o clube soma apenas três pontos, e ainda não venceu uma partida na competição.

O técnico Eduardo Baptista ainda deve seguir desfalcado pelo zagueiro Rafael Foster, que apresentou incômodo muscular. O meia Marlon e o atacante Capixaba seguem em recuperação física, e também não devem ser escalados. Uma provável escalação do Juventude tem: César; Rodrigo Soares, Paulo Miranda, Vitor Mendes e William Matheus; Yuri e Jadson; Paulinho Moccelin, Chico e Oscar Ruiz (Darlan); Pitta (Ricardo Bueno)

Estádio: Ressacada, em Florianópolis (SC)

Horário: Às 18h (de Brasília) de domingo (15)

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)

VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)

Transmissão: Premiere


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes