Compartilhe este texto

Palmeiras vira sobre Mirassol em jogo animado e encaminha vaga no Paulista

Por Folha de São Paulo

24/02/2024 19h30 — em
Esportes



SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em jogo animado e bem disputado, o Palmeiras venceu o Mirassol neste sábado (24), por 3 a 1 na Arena Barueri, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Aníbal, Breno Lopes e Raphael Veiga, de pênalti, marcaram pelo Verdão, enquanto Rodrigo Ferreira abriu o placar.

O primeiro tempo foi marcado por um jogo aberto e com bonitas defesas de Weverton e Muralha. As equipes chegaram bem. Abel sofreu mais no início por conta da mudança de esquema e viu Rodrigo Ferreira balançar a rede. O Verdão melhorou após os sustos e marcou com Aníbal, de volta após lesão.

A segunda etapa foi igualmente movimentada, mas o Mirassol teve azar com um lance infantil de Gazal em cima de Veiga, aos 14 minutos. O Verdão marcou de pênalti e ampliou. Com o resultado encaminhado, o time de Abel passou a controlar melhor a partida e viu o Leão cansar. Mozart mexeu na equipe e viu seu time quase empatar aos 37 com Delatorre. Abel promoveu a entrada de Breno Lopes nos minutos finais e viu o jogador marcar o terceiro para sacramentar a vitória.

Com o resultado, o Palmeiras foi para 21 pontos e encaminhou a classificação para as quartas de final do Paulistão, mas ainda precisa de um tropeço da Ponte Preta, que vai a campo amanhã contra o Corinthians, às 20h.

O Mirassol segue em segundo no grupo C, com 14 pontos e volta a campo no sábado, contra a Portuguesa no Canindé, às 18h (de Brasília).

O Verdão terá semana livre e volta a campo no próximo domingo para enfrentar o São Paulo no MorumBis, às 20h, pela 11ª rodada.

Jogo aberto!

Abel Ferreira mudou o esquema, optou por dois zagueiros e sofreu com o Mirassol no início da partida. Os rivais pressionaram, criaram boas oportunidades e fizeram Weverton trabalhar.

Com o Palmeiras um pouco atrapalhado, o Mirassol aproveitou as brechas e no primeiro momento de perigo, balançou a rede já aos 14 minutos, com Rodrigo Ferreira. Por pouco o segundo não veio com cabeceio certeiro de Dellatorre, mas Weverton fez bonita defesa e evitou.

O time de Abel acordou após os sustos e esteve mais agressivo no ataque, com mais volume de jogo e buscando brechas na defesa do Leão. Aníbal, novidade no Palmeiras, chamou a atenção por movimentações inteligentes e foi o responsável pelo empate.

Aos 24 minutos, Aníbal esteve bem posicionado e marcou seu primeiro gol pelo Palmeiras após receber bola na medida de Richard Rios. Muralha não teve chance.

Com o empate, a partida esteve aberta e ambos os times criaram boas oportunidades, mas Weverton trabalhou mais. O Mirassol manteve o ritmo e Fernandinho seguiu dando trabalho. Endrick, no final, deu bonito passe para Marcos Rocha, que ficou cara a cara com Muralha. O goleiro saiu bem e evitou.

Com emoção!

O Mirassol voltou bem para o segundo tempo e Delatorre assustou logo aos quatro minutos. O jogo seguiu aberto e as equipes mantiveram o ritmo intenso do primeiro tempo.

De virada, o Palmeiras ampliou após pênalti em Raphael Veiga. Em lance infantil de Gazal, o jogador acertou o tornozelo de Veiga sem bola e viu o Palmeiras ampliar aos 14 minutos. Endrick, inclusive, por pouco não fez o terceiro, mas Muralha o parou.

Com o resultado encaminhado, o Palmeiras controlou melhor a partida e viu o Mirassol cansar. Mozart mexeu na equipe para tentar dar novo gás na etapa final, mas não foi eficiente. O time de Abel forçou algumas tentativas com Endrick e ficou pelo 'quase'.

Mozart mexeu na equipe para dar novo fôlego na etapa final e viu seu time quase marcar aos 37 da segunda etapa com Delatorre. A bola passou raspando na trave, mas não entrou.

Com os sustos, Abel promoveu a entrada de Rony e Breno Lopes e conseguiu o terceiro gol para sacramentar a vitória nos últimos minutos. Breno Lopes recebeu na intermediária, arrancou e bateu cruzado, sem chance para Muralha.

Gramado melhor?

Horas antes da partida o gramado da Arena Barueri foi afetado pelas fortes chuvas em São Paulo e alagou, mas a drenagem, no fim, deu conta. Funcionários foram chamados com rodos para secar o campo, mas com o tempo as poças sumiram.

A bola rolou normalmente, sem dificuldades. Além do campo, as dependências do estádio também encharcaram e funcionários foram acionados para secar.

Lances importantes

QUE DEFESA! Aos 4 minutos, Muralha fez uma bonita defesa em dois tempos em chute preciso de Endrick.

GOL! - Aos 14 minutos, Rodrigo Ferreira abriu o placar em escanteio fechado de Chico Kim.

WEVERTON! - No minuto seguinte, Weverton pegou no reflexo um bonito cabeceio de Dellatorre. Por pouco o Mirassol não ampliou.

EMPATOU! Aos 24 minutos, o Palmeiras empatou com gol de Anibal após escanteio de Veiga.

DE NOVO ELE! - Aos 34 minutos, Weverton novamente evita um 2 a 0. Delatorre lançou Fernandinho, que mandou uma bomba em direção ao goleiro.

QUE BOLA! - Aos 44 minutos, Endrick deu lindo passe para Marcos Rocha, que ficou no 1x1 com Muralha, mas o goleiro se saiu melhor e evitou.

CHEGA BEM - Aos 4 minutos da segunda etapa, o Mirassol cria bem pelos lados e Delatorre se antecipa da marcação e chuta com perigo, mas a bola passa pelo lado do gol.

PÊNALTI! - Aos 11 minutos, Flaco Lopez carregou a bola, perde a passada e Gazal tentou o corte, mas pegou o tornozelo do jogador sem a bola em contra-ataque.

GOL! Raphael Veiga marca de pênalti aos 14 minutos do segundo tempo.

Quase o terceiro - Aos 18 minutos, Endrick quase marcou, mas foi parado por Muralha.

COMO NÃO ENTROU? - Aos 37 minutos, Mirassol melhora e Delatorre manda uma bomba em direção ao gol. Passou raspando e saiu.

GOL! - Aos 44 minutos do segundo tempo, Breno Lopes sacramentou a vitória do Palmeiras.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 3 x 1 Mirassol

10ª rodada do Paulistão

Local: Arena Barueri, em São Paulo (SP)

Data/hora: 24/02/2024 (domingo), às 18h (de Brasília).

Cartões amarelos: Endrick, Aníbal, Luan (PAL)

GOLS: Rodrigo Ferreira, aos 14'1T, Aníbal, aos 24'1T, Raphael Veiga, aos 14'2T, Breno Lopes, aos 44'2T.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Murilo, Luan e Piquerez; Marcos Rocha, Richard Ríos, Aníbal Moreno (Gabriel Menino), Zé Rafael e Raphael Veiga (Caio Paulista); Endrick (Breno Lopes) e Flaco López (Rony). Técnico: Abel Ferreira.

Mirassol: Muralha; Rodrigo Ferreira, Lucas Gazal, Luis Otavio, Marcelo (Diego Gonçalves), Danielzinho, Gabriel, Chico Kim (Paulinho Bóia), Fernandinho (Isaque), Negueba e Dellatorre. Técnico: Mozart.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes