Mexicano que não viu mordida de Suárez apitará Brasil-Alemanha

Por

07/07/2014 9h31 — em Esportes

©afp.com / DANIEL GARCIAO - O árbitro Marco Antonio Rodriguez Moreno apita a partida entre Itália e Uruguai, do grupo D da Copa do Mundo, em 24 de junho, em Natal 

Rio de Janeiro (AFP) - O árbitro mexicano Marco Rodríguez, que dirigiu a partida entre Itália e Uruguai e não viu a mordida que Luis Suárez aplicou no italiano Giorgio Chiellini, apitará o jogo do Brasil contra a Alemanha, na terça-feira, em Belo Horizonte, pelas semifinais da Copa do Mundo, informou a Fifa neste domingo.

Na partida que decidiu o segundo classificado do Grupo D, Rodríguez expulsou o italiano Claudio Marchisio e, posteriormente, não viu a mordida do atacante uruguaio no zagueiro adversário.

Suárez foi duramente punido pela Fifa, que o suspendeu por nove partidas oficiais de sua seleção e o proibiu de exercer qualquer atividade relacionada ao futebol durante quatro meses.

Rodríguez também apitou a partida entre Bélgica e Argelia (2-1), na primeira fase, mas fará sua estreia em um jogo de eliminatória direta em Copas do Mundo.

A escolha ocorre horas após o alemão Bastian Schweinsteiger advertir que o árbitro precisará ter muita atenção sobre o jogo duro da seleção brasileira.

"Definitivamente, as ações duras fazem parte do seu jogo e é algo que precisamos levar em conta, e o árbitro também".

Veja também