Compartilhe este texto

Mavs atropelam Celtics, evitam vexame e se mantêm vivos nas finais da NBA

Por Folha de São Paulo

15/06/2024 10h15 — em
Esportes



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Dallas Mavericks está vivo nas finais da NBA. Os Mavs venceram o Boston Celtics por 122 a 84 na noite desta sexta-feira (14), no American Airlines Center, no jogo 4 da série.

A partida foi de total controle do Dallas Mavericks. Jogando em casa, a equipe de Doncic e companhia foi letal no ataque e soube anular os principais jogadores dos Celtics.

Luka Doncic foi o nome da noite em Dallas. O camisa 77 dos Mavs terminou o jogo com 29 pontos, cinco rebotes e cinco assistências. Jayson Tatum, com 15 pontos, foi o cestinha do lado dos Celtics.

O Dallas Mavericks evitou uma varrida - quando uma equipe vence a série melhor de sete jogos por 4 a 0. O Boston Celtics levou a melhor nos três primeiros jogos das finais e ainda segue a um triunfo do título. Para ficar com a taça, os Mavs precisam levar o duelo para a partida 7 e vencerem o confronto decisivo.

As equipes voltam à quadra na próxima segunda-feira (17), pelo jogo 5 da série. A partida será disputada no TD Garden, casa do Boston Celtics, às 21h30 (de Brasília).

COMO FOI O JOGO

O primeiro quarto foi das estrelas no American Airlines Center. Até metade da primeira parcial, apenas as duplas Luka Doncic/Kyrie Irving e Jayson Tatum/Jaylen Brown haviam anotado pontos. Na reta final da etapa, o Dallas Mavericks deslanchou e abriu vantagem contando com pontos de praticamente todo o seu quinteto e fechou o placar parcial em 34 a 21.

Luka Doncic foi o nome do segundo quarto em Dallas. O camisa 77 comandou quase todas as ações ofensivas da equipe da casa e viu os companheiros pararem o ataque de Boston, que também cometeu erros individuais. Vindo do banco, Dante Exum foi um coadjuvante importante dos Mavs e ajudou na criação das jogadas. Dominando o jogo, os Mavericks foram para o vestiário vencendo por 61 a 35.

O Dallas Mavericks matou o jogo ainda no terceiro quarto. A equipe da casa voltou para a segunda metade da partida no mesmo ritmo em que terminou a anterior: dominante. Forte defensivamente, não deu chances para que Jaylen Brown e Jayson Tatum entrassem de vez no jogo. Ofensivamente, os mandantes foram quase impecáveis, variando as jogadas, que foram desde arremessos dentro do garrafão, passando por enterradas até cestas de três. A vantagem chegou a ser de 36 pontos, e o duelo foi para a última parcial com o placar mostrando 92 a 60.

Com o jogo já resolvido, os técnicos deram minutos aos jogadores reservas no último quarto. A entrada dos suplentes deu um clima de All-Star (jogo das estrelas) para a partida. As duas equipes ousaram nos arremessos de três pontos e uma sequência de cestas de Tim Hardaway Jr, do Dallas Mavericks, levou o ginásio à loucura na metade da parcial. As vantagem dos mandantes chegou a ser de 45 pontos, mas o duelo terminou com o placar de 122 a 84


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Esportes

+ Esportes