Bragantino faz 4 a 2 no Ceará e vence a primeira em um mês

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

19/09/2020 20h32 — em Esportes

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em jogo de muitos gols, o R.B. Bragantino venceu o Ceará pelo placar de 4 a 2, em Bragança Paulista. Os gols do Bragantino foram marcados por Léo Ortiz, Alerrandro, Lucas Evangelista e Bruno Tubarão. Vinicius e Wescley marcaram para o Vozão. Essa foi a primeira vitória do R.B depois de um mês. A última havia sido no dia 19 de agosto, quando venceu o Fluminense.

Com a vitória, o Bragantino saltou na tabela, chegou à 16ª posição e saiu da zona de rebaixamento, pelo menos enquanto as partidas de domingo não são disputadas. Já o Ceará caiu para a décima posição com 13 pontos ganhos.

Agora, ambas as equipes voltam a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (27). O R.B. Bragantino viaja até o Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco em São Januário. Já o Ceará, recebe o Goiás no Castelão.

O MELHOR: ALERRANDRO

Muito ativo no ataque do time de Bragança, Alerrandro foi responsável por um gol e ainda deu uma linda assistência de letra para o gol de Lucas Evangelista. Além disso, chutou uma bola na trave, abriu espaços para os companheiros chegarem de trás e pelas pontas e mostrou-se uma presença incômoda para a defesa do time cearense.

O PIOR: MARTHÃ

Um pouco perdido em campo, o volante do Ceará deu muito espaço pelo meio e permitiu que o Bragantino saísse em velocidade sem problemas durante o primeiro tempo. Foi uma peça abaixo em uma equipe que não conseguiu se impor defensivamente em campo e acabou dando muitos espaços. Saiu no intervalo de jogo.

BRAGANTINO É MAIS EFETIVO

Os primeiros 45 minutos de jogo foram ótimos e intensos. Com um gol do Bragantino logo aos três minutos, a partida já prometia ser movimentada. Em uma das primeiras chances do jogo, o R.B fez uma jogada ensaiada no escanteio e a bola sobrou no meio da área para Léo Ortiz completar para o fundo do gol. Após sofrer o empate, a equipe do interior paulista logo deu a resposta e voltou a ficar a frente do placar, com gol da novidade na escalação titular Bruno Tubarão, aproveitando rebote de Fernando Prass. Com boa transição e velocidade pelas pontas, o R.B criou chances pelos lados e, assim, aumentou a vantagem: Tubarão arrancou pela ponta esquerda e rolou a bola para Alerrandro marcar o terceiro.

CEARÁ MOSTRA DESATENÇÃO

Quando saiu em desvantagem logo no início do jogo, o Ceará até que foi bem do meio para frente. Com as melhores chances saindo dos pés de Vinicius, a equipe cearense conseguiu criar algumas boas oportunidades de gol e foi combativo no meio campo. Aos vinte minutos, a bola sobrou para Vina no meio da área, que soltou uma bomba para empatar a partida. No entanto, a desatenção na defesa foi um problema. Logo após conseguir o primeiro gol, levou o segundo e precisou, de novo, correr atrás do placar. O Ceará teve problemas para criar pelas pontas e tornou-se uma equipe lenta pelos lados, precisando construir tudo pelo meio campo, onde o Bragantino se mostrou bem postado para marcar e sair em velocidade. No final da primeira etapa, o Vozão ainda levou o terceiro gol, indo para o intervalo com uma desvantagem de dois gols.

BRAGANTINO MARCA O QUARTO

Precisando correr atrás do resultado, o Ceará voltou para a segunda etapa melhor postado defensivamente e conseguiu criar algumas chances no início da segunda etapa. Mesmo assim, continuou sendo pouco efetivo e pecando no último passe. Na dele, o R.B. Bragantino continuou explorando a jogada rápida pelas pontas. O quarto gol do Bragantino veio em uma excelente jogada entre Alerrandro e Lucas Evangelista, que marcou um golaço de cavadinha e deixou a equipe paulista ainda mais tranquila na partida. O Ceará desacelerou após levar o quarto gol, mas seguiu atacando e conseguiu chegar ao segundo gol no final do jogo, com um golaço de Wescley.

BRAGANTINO

Julio Cesar, Raul, Léo Ortiz, Ligger, Weverson; Ricardo Ryller (Aderlan), Lucas Evangelista, Bruno Tubarão; Artur, Claudinho, Alerrandro. Técnico: Maurício Barbieri

CEARÁ

Fernando Prass, Samuel Xavier (Eduardo), Gabriel Lacerda, Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Marthã (William Oliveira), Charles, Lima (Fernando Sobral), Vinicius (Wescley), Leandro Carvalho (Fernando Baxola); Cléber. Técnico: Guto Ferreira

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes

Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha

Cartão amarelo: Ricardo Ryller, Lucas Evangelista, Claudinho (R.B. Bragantino); Luiz Otávio, Marthã (Ceará)

Gols: Léo Ortiz - 3'/1ºT (1-0); Vinicius - 20'/1ºT (1-1); Bruno Tubarão - 22'/1ºT (2-1); Alerrandro - 44'/1ºT (3-1); Lucas Evangelista - 16'/2ºT (4-1); Wescley - 43'/2ºT (4-2)

+ Esportes