Parlamentares do AM divergem sobre condução coercitiva de Lula

Por Portal do Holanda

04/03/2016 12h27 — em

A repercussão entre parlamentares do Amazonas sobre a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para prestar depoimento à Polícia Federal no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira, 4, são divergentes.

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, deputado federal Pauderney Avelino, vê a 24ª etapa da Lava-Jato - Aletheia - como uma demonstração de que a lei vale para todos e que os culpados devem pagar. Pauderney Avelino afirma que "A lei vale para todos! Lula não está acima dela! Ontem, Delcídio; hoje, Aletheia. A verdade sobre o PT e suas práticas nada republicanas estão vindo à tona. A corrupção e o desgoverno, marcas da gestão do PT, levaram o país ao desemprego, à inflação e à recessão. Os culpados têm de pagar.”

  Para a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), o número de agentes - 200, diz ela - para conduzir o ex-presidente Lula ao aeroporto de Congonhas, onde prestou depoimento, soou como um exagero. Vanessa afirma que fazer isso com quem tem endereço e vida pública “tem outro objetivo, produzir imagens para a TV.”

Veja também


  • O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

    +