Scarlett Johansson diz ter se sentido 'pedaço de carne' em 'Homem de Ferro 2'

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

18/06/2021 9h05 — em Cinema

Foto: Reprodução / Atriz criticou sexualização de sua personagem

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Intérprete da personagem Viúva Negra, a atriz Scarlett Johansson, 36, reclamou pela primeira vez do que ela chamou de hipersexualização do papel no filme "Homem de Ferro 2" (2010).

"Enquanto ['Homem de Ferro 2'] foi muito divertido e teve grandes momentos nele, a personagem foi tão sexualizada, sabe? É como se ela fosse um pedaço de algo, como uma posse ou qualquer coisa. Um pedaço de carne, realmente", disse ao site Collider.

A atriz lembrou de uma cena específica em que sentiu uma certa maldade numa das falas. Em um momento com Tony Stark (Robert Downey Jr.), ele fala "quero um pouco" ao ver a Viúva Negra. "Em um ponto ele a chama de pedaço de carne e talvez naquela época isso fosse recebido como um elogio", disse.

O filme solo da Viúva Negra, que havia sido atrasado por causa da pandemia, deverá chegar ao público no mês de julho. Agora, mais de dez anos mais velha, a artista contou o que fez para dar a sua nova versão à personagem.

"Sou mãe e minha vida é diferente. Como mulher estou em um lugar diferente da vida, sabe? Tudo está relacionado com esse afastamento da hipersexualização da personagem", relata.

Com direção de Cate Shortland, o novo filme da Marvel vai contar a história da personagem cujo nome real é Natasha Romanoff. A moça foi preparada desde a infância pela KGB para se tornar uma agente suprema. No elenco há nomes como Florence Pugh e David Harbour.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Cinema