Sob pressão, Chico Rodrigues deixa Conselho de Ética do Senado

Por Portal do Holanda

19/10/2020 16h36 — em Brasil

Parlamentar se tornou suspeito de crimes que apurava no Conselho de Ética do Senado. Foto: Reprodução

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) entregou, no início da tarde de hoje (19), pedido de afastamento do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado. O documento foi enviado a Jayme Campos (DEM-TO), presidente do colegiado do qual Rodrigues fazia parte.

"Com meus cordiais cumprimentos, solicito meu desligamento imediato do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar", escreveu o senador na mensagem. A permanência dele no mandato, no entanto, é alvo de representação na Casa.

Parlamentares defendem a reabertura da comissão, cujas atividades foram suspensas por causa da pandemia, para abrir processo contra o senador. 

Na sexta-feira (16), Rodrigues foi destituído da comissão responsável pela análise dos gastos do governo com a pandemia. Ironicamente, ele é acusado de participar de esquema de desvio de verbas destinadas ao combate a Covid-19 em Roraima.

O senador alegou que o dinheiro encontrado pela Polícia Federal em sua casa, na semana passada, era reservado ao pagamento de empresas da família.