Mulher recebe comentário ofensivo em comanda de bar e faz desabafo

Por Portal do Holanda

21/01/2021 14h50 — em Brasil

Comanda de bar - Foto: Reprodução/ Redes sociais

Patrícia Melo, 42, usou as redes sociais para relatar sobre o constrangimento que passou ao pedir a conta em um bar, no Rio de Janeiro. No papel, além dos itens consumidos, estava escrito 'moça do peitão'. O caso ocorreu no dia 10 de janeiro.

"Ontem eu resolvi fazer um passeio com meu marido e amigos em Petrópolis/RJ num conceituado restaurante para curtirmos o domingo e comemorar o aniversário de um dos amigos e sofri um constrangimento na hora de pagar a conta! Um verdadeiro absurdo como mãe, mulher, consumidora e um assédio para mim como cliente", iniciou ela em um dos trechos do desabafo. 

E continuou: "Estamos vivendo no fim dos tempos onde a empatia, o desrespeito e o abuso estamos tendo que pagar para sofrer! Minha indignação é por mim e por tantas mulheres que sofrem diariamente tais abusos e simplesmente se calam..", disse. 

Ela relatou ainda que ao questionar sobre o ocorrido, o gerente o bar pediu desculpas e disse que era 'prática comum identificar os clientes utilizando características físicas'.  

A Ambev responsável pelo estabelecimento informou que 'adotou as medidas cabíveis com os colaboradores envolvidos'.  

Nota na íntegra

"Assim que soubemos do ocorrido conversamos com a cliente para pedir desculpas. Lamentamos profundamente pela ocorrência dessa situação - que não reflete o respeito, que é um dos nossos principais valores - e reforçamos publicamente nosso pedido de desculpas. Informamos ainda que apuramos internamente o caso e adotamos as medidas cabíveis com os colaboradores envolvidos, bem como estamos reforçando os treinamentos com toda a equipe para que situações assim não voltem a ocorrer". 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil