MS pede liberação imediata de 6 milhões de doses da Coronavac

Por Portal do Holanda

15/01/2021 16h34 — em Brasil

Vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceira com o laboratório Sinovac. Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

O Ministério da Saúde solicitou ao Instituto Butantan a liberação imediata de 6 milhões de doses da vacina Coronavac, produzida pela autarquia em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

O pedido foi realizado nesta sexta-feira (15). A Anvisa deve anunciar a liberação do imunizante no domingo (17).

"Ressaltamos a imediata entrega do quantitativo contratado (...), tendo em vista que o Ministério precisa fazer o devido loteamento para iniciar a logística de distribuição para todos os estados da federação de maneira simultânea e equitativa", diz trecho do documento, "conforme cronograma previsto no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19, tão logo seja concedida a autorização pela agência reguladora".

O pedido sinaliza uma mudança de postura do governo federal diante da necessidade da vacina. Em declarações à imprensa e apoiadores, o presidente Jair Bolsonaro ironizou a procedência e a eficácia da Coronavac. Por outro lado, membros do governo federal têm se manifestado a favor da vacinação.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil