Estudo sugere que primeira onda da Covid-19 deve acabar em outubro

Por Portal do Holanda

19/09/2020 22h42 — em Brasil

Segunda onda de Covid-19 pode ocorrer em março de 2021 (Foto: Pixabay)

O número de casos de Covid-19 devem diminuir a partir de outubro no Brasil e no Hemisfério Sul, aponta análise que está no estudo Detecção Precoce da Sazonalidade e Predição de Segundas Ondas na Pandemia da Covid-19 da Universidade Federal Fluminense (UFF).

“A sazonalidade de doenças significa que existe um padrão anual onde há um momento do ano em que a doença tem uma transmissão maior. No caso das doenças de transmissão respiratória, geralmente elas apresentam uma sazonalidade típica do período de outono e inverno, ou seja, elas têm uma transmissão maior e, portanto, uma quantidade maior de pessoas infectadas nos meses de outono e inverno”, explica professor Márcio Watanabe do Departamento de Estatística da UFF.

De acordo com a Agência Brasil, a transmissão da Covid-19 tem a mesma sazonalidade  que as outras doenças respiratórias como H1N1 e Influenza. O professor ainda informou que a segunda onda no Hemisfério Norte pode ser muito mais forte do que a primeira. No entanto, para ele, se houver segunda onda no Brasil e no hemisfério sul, ela pode acontecer em março de 2021 e terá menor intensidade.

 

+ Brasil