Doze PMs são afastados após ação que terminou com morte de Kathlen Romeu

Por Portal do Holanda

11/06/2021 11h42 — em Brasil

Foto: Reprodução Instagram / Rogério Jorge

Foram afastados das ruas os doze policiais militares que participaram da ação na comunidade Complexo dos Lins, no Rio de Janeiro, que terminou com a morte da modelo grávida Kathlen Romeu.

Segundo o G1, além da investigação da Polícia Civil, um inquérito foi instaurado pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) para apurar as circunstâncias do crime.

Os policiais alegaram que dispararam 7 tiros de fuzil contra criminosos que estavam num local de venda de drogas e fugiram atirando contra os agentes. O cabo Marcos Felipe da Silva Salvariano alegou que em nenhum momento viu a modelo na rua.

Kathlen, que estava com 4 meses de gravidez, foi atingida com um tiro de fuzil no tórax. Ela e o bebê morreram.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil