Distribuidoras de remédios e drogarias são alvos de operação em São Paulo

Por Portal do Holanda

01/10/2020 6h59 — em Brasil

Polícia em casas de empresários- Foto: Divulgação

Ao menos cinco distribuidoras de medicamentos, duas redes varejistas e uma associação nacional de distribuidoras são alvos de uma operação do Ministério Público, em São Paulo, suspeitas de operar um esquema que desviou mais de R$ 10 bilhões dos cofres públicos em impostos sonegados.

Desde as primeiras horas da manhã, policiais e membros do MP cumprem 88 mandados de busca e apreensão e sequestro de 17 imóveis, e acontece nas sedes e filiais dessas empresas e na casa de pessoas relacionadas à elas. A operação acontece simultaneamente em 10 municípios de São Paulo e também em Minas Gerais e Goiás.

As empresas acusadas foram entregues em delações premiadas e são: Mais Bela, Navarro, Dismed, Medicamental, Divamed, Bifama, Campeã e ainda a Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan).

O grupo atuava direcionando o ônus tributário da antecipação do ICMS para contas de empresas de fachada por meio de negociações intermediadas entre laboratórios e lojas que deixavam o produto com o preço final mais baixo. O esquema chegou à tona 2017 com a Operação Monte Crisyo, esta é as segunda fase dos trabalhos.q