Defesa de Dr. Jairinho e Monique pede anulação de busca e apreensão da PC

Por Portal do Holanda

07/04/2021 16h03 — em Brasil

O pedido foi enviado na terça-feira (6) para a 2ª Vara do Tribunal do Júri - Foto: Reprodução/TV Record

A defesa do casal Dr. Jairinho e Monique Medeiros, padrasto e mãe do menino Henry Borel, voltou a pedir à Justiça que possíveis provas do caso sejam anuladas. O pedido inclui o material que possa ser retirado dos celulares e computadores que foram apreendidos nos endereços do casal pela Polícia Civil.

Segundo o G1 Rio de Janeiro, o pedido foi enviado na terça-feira (6) para a 2ª Vara do Tribunal do Júri. O mesmo pedido já havia sido negado pelo Plantão Judiciário no dia 1º de abril.

O pedido afirma que os policiais que realizaram as apreensões no dia 26 de março descumpriram procedimentos legais e levaram os equipamentos eletrônicos dos parentes de Dr. Jairinho e Monique. O casal alega ainda que estes familiares não eram citados na ordem judicial de busca e apreensão.

No documento, os advogados do vereador afirmam ainda que ele é perseguido pelo delegado responsável pelo caso, Henrique Damasceno, e pedem que a investigação seja realizada pela Delegacia de Homicídios da capital.    


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil