Decisão do TRE sobre horário eleitoral gratuito irrita candidatos de Macapá

Por Portal do Holanda

26/11/2020 10h50 — em Brasil

Adversários entraram com mandado de segurança que solicita ao TSE a revisão sobre o horário obrigatório na TV. Foto: José Cruz/Agência Brasil

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de retomar o horário eleitoral gratuito na TV e no rádio de Macapá, além de aumentar o limite de gastos na campanha em 40%, irritou partidos de oposição ao candidato a prefeito da cidade, Josiel Alcolumbre (DEM).

De acordo com a coluna "Painel" do jornal Folha de S. Paulo, candidatos do PSB, Podemos, PT e Cidadania afirmam que as medidas vão beneficiar o irmão do presidente do Senado Davi Alcolumbre, que atua como cabo eleitoral e investiu esforços para a recuperação do fornecimento de energia elétrica no Amapá.

Josiel, que lidera uma coligação com 12 partidos e acumula maior tempo de TV (4 minutos e 20 segundos) e registra as maiores despesas. A partir de agora, ele tem o aval de empenhar mais recursos na campanha.

Os adversários entraram com um mandado de segurança que solicita ao TSE a revisão sobre o horário obrigatório na TV. Alegam que nenhum dos candidatos fez o pedido para estender a propaganda e que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) já havia decidido o contrário.
 


+ Brasil