Caminhão passa por cima de atirador do exército em treinamento

Por

29/06/2014 10h17 — em Brasil

SÃO PAULO - Um atirador do Tiro de Guerra de 19 anos morreu e um tenente da Polícia Militar ficou gravemente ferido na manhã desta sexta-feira (27), após serem atropelados por um caminhão na estrada vicinal, que liga o município de Jaboticabal ao distrito de Lusitânia.

Segundo informações da Polícia Militar, as vítimas foram atingidas pelo caminhão por volta das 6h, no momento em que participavam de uma atividade física do Tiro de Guerra. 

O grupo com pelo menos 50 pessoas caminhava pelo acostamento. Em um dado momento os atiradores teriam tentado atravessar a pista sem dar tempo para que o motorista conseguisse frear a carreta. O condutor passou pelo teste do bafômetro, que não acusou embriaguez.

As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e levadas ao pronto-socorro de Jaboticabal, mas o jovem de 19 anos não resistiu aos ferimentos. A administração do pronto-socorro informou que o tenente sobrevivente sofreu traumatismos no crânio e no tórax.