Brasil registra 497 mortes por Covid-19 em 24 horas

Por EBC / Portal do Holanda

22/10/2020 21h38 — em Brasil

Foto: Pixabay

As autoridades de saúde registraram 24.858 novos casos e mais 497 mortes por covid-19 em 24 horas. Os dados foram coletados pelas secretarias estaduais de saúde e consolidados no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite desta quinta-feira (22).

Com o acréscimo, o país chegou a 155.900 mortes causadas pelo novo coronavírus. Ontem, a contabilidade das autoridades de saúde marcava 155.403 óbitos por causa da covid-19. Ainda há 2.408 falecimentos em investigação.

O número de casos desde o início da pandemia atingiu 5.323.630. Até ontem, o sistema do Ministério da Saúde trazia 5.298.772 casos acumulados da doença. 

Atualmente, 388.435 pacientes estão em acompanhamento. De acordo com o Ministério da Saúde, 4.779.295 pessoas já se recuperaram da doença. Isso corresponde a 89,8% do total de brasileiros infectados. 

Covid-19 nos Estados

Balanço - divulgado hoje (22) pela Secretaria estadual da Saúde - aponta que o estado de São Paulo tem, até este momento, 1.076.939 casos confirmados do novo coronavírus, com 38.482 mortes. Do total de casos diagnosticados, 965.420 pessoas já estão recuperadas.

O total de pessoas internadas no estado atualmente, em casos suspeitos ou confirmados de covid-19, é de 7.185. Desse total, 3.165 pessoas estão internadas em estado grave. A taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) é de 40,1% no estado e de 40,2% na Grande São Paulo.

Por causa da queda na taxa de ocupação de leitos de UTI no estado, a Central de Transplantes de São Paulo autorizou ontem (21) a retomada das cirurgias eletivas de córnea no estado, estabelecendo protocolos de segurança e de prevenção à covid-19. Hoje, 3.583 pessoas estão à espera de córneas.

Depois de São Paulo, os estados com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus são Rio de Janeiro (20.021), Ceará (9.243), Minas Gerais (8.621) e Pernambuco (8.527). As Unidades da Federação com menos casos são Acre (685), Roraima (690), Amapá (738), Tocantins (1.072) e Mato Grosso do Sul (1.524).