Siga o Portal do Holanda

Policial

Vídeo mostra desespero de mãe após filho ser assassinado em passeata pró-Haddad

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um vídeo feito por um cinegrafista amador mostra o momento de desespero de familiares de Charlione Lessa Albuquerque, no hospital, após o jovem de 23 anos ser morto a tiros durante carreata de apoiadores do candidato à Presidência da República Fernando Haddad, em Fortaleza, no Ceará.

Segundo o G1, o rapaz participava da carreata ao lado da mãe, quando um homem emparelhou um veículo Gol de cor branca junto ao carro da vítima, e efetuou pelo menos três disparos de arma de fogo, vindo a fugir em seguida.

Charlione não possuía antecedentes criminais. 

Charlione é filho da Secretária Nacional da Mulher Trabalhadora da CNTRV/CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Vestuário da CUT), Maria Regina Lessa. Por meio de nota, a CUT afirmou que o autor do crime teria se declarado eleitor do outro candidato à presidência, Jair Bolsonaro, após matar o jovem. "Após os disparos, o assassino bradou orgulhoso o nome de Bolsonaro", informou a confederação.

A autoria do crime ainda é desconhecida, mas as autoridades policiais já iniciaram diligências para localizar e capturar o assassino.

Nas redes sociais, Haddad se pronunciou sobre o assunto. "É inadmissível o assassinato de um jovem, Charlione Lessa Albuquerque, que participava de carreata da minha campanha em Pacajus. Ele estava no carro com a mãe celebrando a democracia e acabou morto. É preciso apuração e punição rápida. À família, toda minha solidariedade".

Bolsonaro joga gasolina na relação já desgastada da população com a classe política

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


HORAH do H ENTREVISTA: ARTHUR VIRGÍLIO NETO, PREFEITO DE MANAUS

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.