David e Wilson Lima são bons parceiros, mas têm receio de assumir relação

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

21/11/2020 20h07 — em Bastidores da Política

  • Nem sempre negar é a melhor saída. Admitir que a relação existe é a forma de afastar suspeitas de “adultério”, corrupção e prática de favorecimento ilegal.

A  relação entre o governador Wilson Lima e o candidato do Avante,  David Almeida, é muito boa. Eles se completam,  se curtem, mas publicamente se negam, como naquela música do grupo de pagode  “Nosso Sentimento”,  que conta uma mentirinha desnecessária  que apenas máscara a verdade de uma relação  que promete ser duradoura: 

"Não precisa ninguém saber.

Vão querer te julgar,(…)

E se alguém perguntar você pode negar

Que eu também vou dizer que não,

Por que se a gente afirmar,

Vão até inventar que já tenho outra relação.”

O problema é  que nem sempre negar é a melhor saída. Admitir que a relação existe é a forma de afastar suspeitas de “adultério”, corrupção e prática de favorecimento ilegal.

David e Wilson são da mesma "nova escola", pensam igual e até têm a mesma estratégia de defesa quando  são atacados (Veja vídeo abaixo). Os dois afirmam que são muito  honestos, decentes, religiosos, bons gestores, bons  pais, bons amigos, nunca delinquiram,  nunca roubaram. E  a gente, pessoal, tem que acreditar nesses bacanas.