Compartilhe este texto

Wagner Moura conta ter quebrado nariz de instrutor do Bope nas gravações de 'Tropa de Elite'

Por Folha de São Paulo

17/04/2024 17h30 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - São 17 anos desde que interpretou o Capitão Nascimento em "Tropa de Elite" e outro inúmeros filmes de sucesso, mas Wagner Moura continua falando sobre os personagem do longa do diretor José Padilha.

O ator baiano, que está em cartaz nos cinemas com o filme americano "Guerra Civil", contou uma curiosidade dos bastidores das gravações. Faixa roxa em Jiu Jitsu, ele quebrou o nariz de um policial.

"Era uma preparação sinistra e eu quebrei o nariz de um cara do Bope. Foi louco, porque o cara ficava me provocando no treinamento. E aí teve uma hora que ele falou uma coisa lá do meu filho e eu quebrei o nariz dele", contou Moura em entrevista ao podcast Podpah, nesta terça-feira (16). "Ele adorou. Falou: 'É isso aí. Agora sim!'.Era barra pesada", acrescentou o ator.

Ele recordou vários momentos das gravações e analisou Capitão Guimarães. "Todo personagem que você faz, você tem ele dentro de você. Você não vai buscar nada que não conhece. Eu sei o que é aquela raiva, sei o que é aquela violência. Todo mundo tem tudo de ruim e tudo de extraordinário, de lindo, de belo. O ser humano é essa complexidade", explicou.

Para filmar a sequência "Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro", Wagner Moura reconheceu que não queria fazer a produção. Ele contou que foi convencido pelo diretor José Padilha. "O Zé Padilha foi muito bom no convencimento, me ligou bastante", comentou.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura