Compartilhe este texto

Shows em São Paulo têm distribuição e proibição de água após Taylor Swift

Por Folha de São Paulo

03/12/2023 0h00 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A capital paulista foi tomada por três grandes shows neste final de semana. Aconteceram ao mesmo tempo, neste sábado, o festival Primavera Sound, o evento de pagode "Numanice" da cantora Ludmilla e o show de sertanejo do grupo Amigos, que reúne Chitãozinho e Xororó, Zezé DiCamargo e Luciano e Leonardo.

Após a passagem turbulenta de Taylor Swift pelo Rio de Janeiro, quando uma fã morreu no show da americana em um de sensação térmica de 60°C , o Ministério da Justiça sancionou medida que autoriza a entrada de garrafas de água em shows. Neste sábado, os termômetros beiraram os 30ºC em São Paulo.

No Allianz Parque, estádio onde se apresentam os Amigos, seguranças impediram a entrada de garrafas de água. Ao ser questionada, a produção disse que água seria distribuída gratuitamente dentro do estádio. A reportagem identificou distribuição próximo das grades, onde costumam ficar os fãs que chegam mais cedo e passam horas na fila para conquistar um bom lugar.

Havia ainda bebedouros espalhados na área interna do estádio. O Allianz diz que são 32 unidades, em atendimento à legislação referente a jogos de futebol.

Quem quisesse água, no entanto, precisava se ausentar do show momentaneamente e se dirigir até esses bebedouros. A reportagem não identificou ilhas de hidratação na arena ou distribuição gratuita.

Os copos eram vendidos por R$ 8. No início da terceira parte do show, no entanto, os vendedores que passavam pela pista já não tinham mais água para vender, tampouco refrigerante. Havia apenas cerveja.

De acordo com funcionários, as garrafas eram contra a política de segurança do estádio. Eles disseram não conhecer a nova regra.

A Peeb, produtora responsável pelo show, encaminhou à reportagem vídeos que mostram a distribuição de copos de água para a plateia.

Disse ainda que a entrada de garrafas no estádio foi barrada pela Polícia Militar. "[Há uma lei que veda] o ingresso de garrafas e vasilhames, bem como copos de vidro e qualquer outro material que possa provocar ferimentos no público em eventos. É com base nesta resolução que a PM não permitiu a liberação de garrafas de água no evento de hoje. Em resumo, apenas seguimos a ordem expressa do comando da PM."

O mesmo não ocorreu no Primavera Sound, realizado no Autódromo de Interlagos, onde a organização distribuiu água e copos ao público na entrada do festival, além de criar pontos onde é possível se hidratar. O Primavera é feito pela Time for Fun, ou T4F, mesma empresa que trouxe a turnê recente de Taylor Swift ao Brasil.

"É permitida a entrada com copos de água plásticos descartáveis e de garrafas de água plásticas flexíveis lacradas. Teremos três 'ilhas' de distribuição gratuita de água, além de equipes realizando distribuição nas entradas e nas barricadas de todos os palcos. Haverá também 36 bebedouros", diz a organização do evento em nota.

No evento de Ludmilla, que tomou o Centro Esportivo Tietê, também foi possível pegar água de forma gratuita por meio de ambulantes ou nos bares do local.

A decisão de que shows devem oferecer água gratuita e "ilhas de hidratação" foi de Flávio Dino, o ministro da Justiça.

"A partir de hoje, por determinação da Secretaria do Consumidor do Ministério da Justiça, será permitida a entrada de garrafas de água de uso pessoal, em material adequado, em espetáculos", disse ele à época das apresentações de Swift. "A medida vale imediatamente. A Secretaria Nacional do Consumidor tomará as providências cabíveis para a fiscalização."


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura