Morre Letieres Leite, músico que acompanhou Ivete Sangalo, aos 61 anos

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

27/10/2021 14h37 — em Arte e Cultura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O maestro e compositor Letieres Leite morreu nesta quarta-feira (27) em Salvador, cidade em que nasceu e em que residia até hoje.

A informação foi confirmada por Mauro Rodrigues, produtor-executivo do Instituto Rumpilezz, que abrigava a orquestra conduzida pelo maestro desde 2006. Chamada de Orkestra Rumpilezz, ela dava roupagem nova à música ancestral baiana, mesclando os ritmos sacros do candomblé, a percussão de grandes grupos como o Olodum e o jazz.

Leite tinha 61 anos. Até o momento de publicação desta reportagem, não foi possível confirmar a causa de sua morte, bem como o lugar onde será sepultado.

O artista trabalhou com grandes nomes da música baiana, como Ivete Sangalo --que acompanhou por mais de 12 anos--, trabalhando nos arranjos de sucessos como "Festa" e "Abalou".

Mais recentemente, colaborou também com Maria Bethânia. A parceria começou no show "Claros Breus", que passou pela capital paulistana em 2019 e no qual Leite assinou a direção musical, e culminou em alguns arranjos do disco "Noturno", lançado em julho deste ano.

Nas redes sociais, artistas como a cantora Daniela Mercury, o compositor Pedro Luis e o rapper Emicida lamentaram a morte de Leite. "Meu peito está em frangalhos. Olhos cheios de água e uma saudade que a partir de agora, só aumenta. Obrigado por todas as aulas mestre. Não estou acreditando", escreveu o último.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Arte e Cultura