'Camila não foi pivô', diz Hulk Paraíba sobre separação

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

18/04/2020 20h44 — em Arte e Cultura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Hulk Paraíba, 33, resolveu se pronunciar pela primeira vez a respeito da separação de Iran Ângelo, com quem foi casado por 12 anos, e de seu atual relacionamento com a sobrinha da ex-mulher, Camila Ângelo, 31. Além disso, o jogador de futebol usou a função Stories, do Instagram, nesta sexta-feira (17), para se defender de comentários feitos por Mara Maravilha durante o Fofocalizando (SBT).

"Mara Maravilha que de maravilha não tem nada", iniciou o atacante. "Não tenho religião, mas aprendi a respeitar todas. Se formos falar do seu passado, é aquele ditado: 'Meu passado me condena'. Quando você for abrir a boca, fala a verdade, não fala para aparecer, porque você tentou de todas as formas aparecer, usou de religião para aparecer e não conseguiu", desabafou Hulk.

Ele também desmentiu o colunista do UOL Léo Dias por ter afirmado que Iran estaria pedindo R$ 700 milhões no processo de separação. "Você vem falar nessa cifra!? Você sabe que eu tenho que proteger minha família? Você vem falar que meu patrimônio é esse, fala que minha ex-esposa está cobrando R$ 700 milhões. De onde você tirou isso? Não tenho esse patrimônio. São números assustadores. Esses números são absurdos, espantam todo mundo, são mentirosos", indignou-se o jogador.

Hulk ainda negou que Camila esteja grávida, mas deixou claro que são jovens e que, se isso acontecer, será o primeiro a informar o público. O paraibano foi categórico em afirmar que a atual namorada não foi a razão pelo fim de seu casamento com Iran. "Eu me separei porque já tinha anos que não existia mais casamento. Mas, por respeito, não vou tocar no assunto. Só estou falando para dizer que Camila não foi pivô da separação. Não foi uma separação amigável, mas não vou tocar no assunto".

Ele finalizou reforçando que quando começou a se relacionar com Camila, já não estava mais com Iran. "Eu me separei em julho e a Camila veio para a China no início de novembro. Ela já trabalhava comigo e veio para cá porque precisava elaborar projetos aqui. Eu já estava solteiro havia quatro meses. Ela também estava solteira e a gente não tinha que dar satisfação a ninguém", finalizou o atleta.

O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Arte e Cultura