Compartilhe este texto

Atriz revelação de 'Renascer', intérprete de Teca foi descoberta vendendo cocadas na rua

Por Folha de São Paulo

19/06/2024 15h15 — em
Arte e Cultura



RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O ano era 2014 e Lívia Silva, então com oito anos, vendia cocadas na rua, em São Bernardo do Campo, para ajudar nas despesas de casa. "Sou de família humilde, nunca passei fome, e essa era a maneira de ter uma renda extra", conta à reportagem. Um produtor de elenco a viu em ação e a convidou para fazer uns testes.

Corta para 2024. Lívia, agora com 18 anos, brilha no horário nobre da maior emissora do país ao interpretar a ex-menina de rua Teca, em "Renascer". É considerada uma das revelações da novela e seu papel -ainda mais agora, que foi descoberto o parentesco da menina com a família de José Inocêncio (Marcos Palmeira )--, não para de crescer. "Ela é demais", elogia o autor do remake, Bruno Luperi.

"Essa novela é uma virada de chave na minha carreira. Com certeza. Me sinto honrada em fazer uma menina preta, que na primeira versão era branca, adolescente, criada sem lar e que engravidou nas ruas do centro do Rio de Janeiro. É importante mostrar que essas pessoas existem", diz.

Esta é sua primeira novela, mas não se pode dizer que a atriz é exatamente uma neófita na arte de atuar. A princípio, enfrentou uma certa resistência da mãe em seguir a carreira. Foram quase dois anos de espera até que ela o matriculasse em em curso de teatro. Começava aí sua história como artista.

Lívia estreou na TV aos 14, na quarta temporada da série "Sessão de Terapia", interpretando a adolescente Guilhermina. Em 2023, protagonizou o filme "Um Ano Inesquecível: Primavera", uma tetralogia produzida pelo Prime Vídeo, e participou da série Anderson Spider Silva, da Paramount+, como Dayane Silva.

"Sonho é sonho e eu sempre quis ser atriz", diz Lívia, que foi sondada para fazer outro personagem na trama (ela não diz qual), da Globo. "Não deu certo e aí a Marcella Bérgamo, que é produtora de elenco de 'Renascer', veio com a Teca. Curiosidade: José Duboc, que interpreta Du, namorado de Teca, foi descoberto por Marcella entregando comida nos estúdios da Globo.

Lívia diz que aprende muito assistindo às gravações de atores como Marcos Palmeira e Edvana Carvalho (Inácia), e elege a cena que gravou na casa do Bumba (Fábio Lago), em que teve uma visão sobrenatural, como uma das mais difíceis da sua trama. "É um lugar meio místico. A novela vem trazendo essa coisa meio mística, né? Fiquei muito feliz quando fui presenteada pelo Bruno [Luperi] para fazer essa cena".

O autor se diz impressionado com a atuação da menina. "Lívia tem a elegância de uma veterana e nos conduz sobre a corda bamba que Teca atravessa, saindo das ruas para buscar os mistérios do espírito".

Esses "mistérios do espírito" não foram fáceis de serem alcançados, ela reconhece. Mas conseguiu chegar lá. "É difícil a gente acessar esse lugar do medo, mas estando com um monte de pessoas que a gente conhece, estando com um monte de gente que a gente admira ali, e a gente vai dando um start", conta a atriz, em um 'carioquês' perfeito como o que se vê diariamente na novela.

Mais uma prova do talento de Lívia, um mulherão de quase 1,80m, bem maior do que aparenta na TV. "Todo mundo diz isso; falam que eu pareço baixinha", brinca.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura