Compartilhe este texto

Armie Hammer diz que se sente grato após acusações de canibalismo

Por Folha de São Paulo

17/06/2024 10h00 — em
Arte e Cultura



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Após anos de isolamento midiático, Armie Hammer, 37, retornou à mídia e falou publicamente sobre as acusações de abuso sexual e até canibalismo de que vem sendo alvo desde 2021.

Ele voltou a negar a veracidade das denúncias e até debochou delas, taxando-as de 'absurdas'. "Tinha vontade de eu querendo rebater, sair e gritar: 'Isso é loucura! O que é isso que todos estão dizendo?!' Agora posso olhar para tudo isso, com um certo distanciamento, e pensar: é hilário! Me chamaram de canibal e todo mundo acreditou! 'É aquele cara comeu pessoas'. Foi bizarro", declarou em entrevista ao podcast Painful Lessons, de Tyler Ramsey.

Hammer afirmou ter sofrido muito com o impacto das acusações sobre sua vida. "Foram 3 anos e meio de lições dolorosas, de conhecimento e foi muito difícil. No começo aprendi a aceitar e lidar com o que estava acontecendo. É como eu não pudesse criar mais dor e danos a mim, a meus filhos. Parecia que eu estava em um furacão. Foi horrível, não desejaria ao meu pior inimigo."

Não obstante, o ator garante ter aprendido lições valiosas com o momento de crise e diz até ser grato pelo que passou. "Apesar de tudo que disseram, sou mais grato por tudo. Eu não me sentia bem naquela época da minha vida, nem feliz comigo mesmo, sem autoestima, sem me dar amor. Eu era um buraco negro, independente de elogios, de adoração dos fãs. E essa chavinha mudou com muito ódio, uma crise espiritual e emocional. E olhei por esse lado: eu posso deixar isso me destruir ou posso aprender com isso. O que quer que as pessoas tenham dito, seja lá o que tenha acontecido, agora estou em um ponto da minha vida em que sou grato por cada pedacinho disso."


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Arte e Cultura

+ Arte e Cultura