Cigarro X homem: Quem sai perdendo?

Por Portal do Holanda

17/11/2014 6h46 — em

 Estudos têm demonstrado que as pessoas que fumam têm duas vezes mais probabilidade  de ter problemas de ereção  quando comparadas com pessoas que não fumam.

Por Anoar Samad - médico

Antigamente, fumar era considerado "glamour", elegância. Em todas as novelas assistíamos jovens tragando seus cigarros, íamos à cinemas e restaurantes e a maioria estava fumando, professores e alunos fumavam nas salas das universidades livremente e até médicos fumavam durante as consultas e até mesmo nos centro cirúrgicos.

Falar que o cigarro faz mal não é novidade para  ninguém, mas não custa lembrar que o cigarro contém mais de 4 mil diferentes componentes e a maioria faz mal à saúde. Estima-se que o tabagismo seja diretamente responsável por: 30% das mortes por câncer, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25%das mortes por doença coronariana, 85% das mortes por Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (Enfisema Pulmonar e Bronquite Crônica), e 25% das mortes por Acidente Vascular Cerebral (Derrame Cerebral).

No homem o fumo é capaz ainda de agredir e causar doenças que muitos desconhecem. Existem tumores malignos no aparelho urinário que estão diretamente relacionados ao tabagismo. Tumores malignos como o Câncer no rim está intimamente associado ao tabagismo, aumentando em até duas vezes o risco da doença. Este risco é diretamente proporcional ao número de cigarros consumidos e à idade do indivíduo. Preciso alertar que este tipo de tumor é extremamente agressivo e muitas vezes “silencioso”. Nesta lista também temos o Câncer de Bexiga, que tem no cigarro seu principal fator de risco. Atenção o cigarro é a causa de 50 % dos casos de câncer de bexiga. Países em que não existem restrições ao fumo são os que alcançam uma frequência elevadíssima deste tipo de tumor. O fumo aumenta cerca de 4 vezes o risco de desenvolver câncer na bexiga, podendo ainda aumentar este risco em  até 3 vezes mais se o indivíduo fumar mais de 15 cigarros por dia.

Quanto ao câncer de próstata, os trabalhos científicos atuais incriminam o tabagismo e dieta rica em gorduras saturadas como os grandes “vilões” para o surgimento deste tipo de tumor. Sem dúvidas o indivíduo que fuma, come muita gordura e é sedentário tem um risco aumentado para este tipo de tumor.

E a impotência sexual ? Estudos têm demonstrado que as pessoas que fumam têm duas vezes mais probabilidade de experimentar problemas em atingir a ereção quando comparadas com pessoas que não fumam. Em geral, a tensão arterial peniana é baixa nos fumadores, o que se deve à aterosclerose (endurecimento das artérias), diminuindo  a circulação sanguínea, fazendo com que não chegue sangue com velocidade  suficiente no pênis para criar uma ereção, levando à impotência. A nicotina também provoca um efeito direto no sistema que regula a circulação sanguínea para fora do pénis depois da ereção. Como o sistema não funciona corretamente, o sangue sai do pénis mais rápido do que devia, o que resulta numa dificuldade de manter a ereção, ou seja, o homem percebe que “perde” a ereção antes do orgasmo.

O cigarro também pode afetar a formação dos espermatozoide, diminuindo sua concentração e motilidade ( capacidade de se movimentar rapidamente), piorando o potencial de fertilização, ou seja , o tabagismo provoca infertilidade.

Mesmo com a melhora do tratamento das doenças cardiovasculares, que levou à diminuição da mortalidade global por essas doenças,  homens fumantes morrem três vezes mais do coração do que os não fumantes.

Atualmente, a informação existe e devemos utilizá-la à nosso favor e considerando estes riscos, esforços e investimentos em saúde pública devem ser direcionados para o combate ao tabagismo masculino, especialmente com programas de controle que considerem os diversos fatores culturais, psicológicos e sociais que associam o homem ao cigarro. Claro que percebemos que  o comportamento das pessoas em relação ao cigarro está mudando. Hoje temos leis muito rígidas contra o tabagismo mas  ainda existe muita desinformação e, infelizmente, ainda vemos casos de  falta de respeito ao próximo.

Por isso peço aos meus leitores que compartilhem este texto, ajudem  homens fumantes a parar de fumar pois, por isso tudo e muito mais, o homem que fuma sempre “sai perdendo”.

 

 

 

 

+