TCE pode determinar exoneração de titulares da Saúde municipal e estadual

Por Portal do Holanda

21/01/2021 17h52 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM-  O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Mario de Mello, ingressou com uma representação junto à Corte de Contas dando um prazo de mais 24 horas para que o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus apresentem a lista nominal das pessoas que já foram e que serão imunizadas nesta primeira etapa de vacinação contra a Covid-19 no Amazonas, sob pena de ser determinada a exoneração do secretário estadual de Saúde, Marcellus Campêlo, e da secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe.

A representação, com pedido de medida cautelar, foi ingressada após o Governo e a Prefeitura de Manaus não apresentarem os dados no prazo previsto - até às 14h desta quinta-feira (21). As representações  foram encaminhadas à presidência do TCE-AM e deverão serão remetidas, com urgência, aos relatores, conselheiro Ari Moutinho Júnior (Secretaria Municipal de Saúde) e conselheira Yara Lins dos Santos (Secretaria de Estado de Saúde -SES) para apreciação.

Na tarde desta quinta, o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, convocou uma reunião extraordinária do Pleno da Corte de Contas para esta sexta-feira (21), às 11h, para que os membros do Tribunal deliberem sobre o valor da multa aplicada aos gestores em caso de desobediência - que pode chegar a R$ 68,2 mil por grave infração - e a determinação para exoneração dos secretários dos cargos. A sessão extraordinária será transmitida, ao vivo, pelas redes sociais do TCE-AM (Youtube, Facebook e Instagram).

"Os técnicos do Tribunal estão debruçados nos dados apresentados pelas prefeituras do interior do Amazonas, mas é inadmissível que o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus, por meio de seus secretários, ignorem uma solicitação do TCE-AM e não apresentem os dados solicitados. Queremos os dados formalmente, em documento oficial enviado ao Tribunal e não  explicações por telefone. Seremos rigorosos na análise das informações prestadas", afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

"Se estão fazendo as coisas certas, não tem porque esconder", acrescentou.

Cruzamento de informações

Desde as primeiras horas desta quinta, técnicos da Corte de Contas (entre eles contadores, analistas, auditores) estão analisando os dados repassados por prefeituras do interior do Amazonas para traçar um diagnóstico da saúde pública no Amazonas e emitir as medidas cabíveis que variam de recomendações a multas e, em última instância, determinação de afastamento de gestores e comunicação aos demais órgãos competentes (Ministério Público Federal e Justiça Federal).

Os mesmos dados serão enviados aos órgãos de controle e à Justiça estadual e Federal, para que hajam conforme as respectivas competências.

Dados serão tornados públicos

Assim que recebidos, os dados enviados pelo Governo do Amazonas e pela Prefeitura de Manaus serão disponibilizados para consulta pública no site do TCE-AM, junto com as informações das prefeituras do interior do Estado.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas